As inscrições para a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), instituição de ensino médio da Força Aérea Brasileira (FAB), terminam às 15h do próximo dia 30. Para se inscrever, basta acessar aqui o site da Comissão Especial de Exames de Admissão e de Seleção. A taxa é de R$ 60. São oferecidas o total de 180 vagas, sendo 160 para o masculino e apenas 20 para o feminino.

O Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR), o candidato precisa cumprir todas as exigências previstas nas Instruções Específicas, não ter menos de 14 anos nem completar 19 anos de idade até 31 de dezembro de 2017 e ter concluído na data da concentração final, em janeiro de 2017, o ensino fundamental do Sistema Nacional de Ensino. Das 180 vagas, as 160 são para o masculino e o feminino só 20 vagas.



Durante a realização do curso, o aluno estará sujeito ao regime escolar da EPCAR e fará jus à remuneração fixada em lei, de acordo com a sua graduação. Ao aluno são também assegurados alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico-hospitalar e dentária, exclusivamente para si. O processo seletivo é composto de provas escritas (língua portuguesa, matemática, língua inglesa e redação), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e validação documental.

As provas escritas ocorrerão no dia 24 de julho. Os aprovados em todas as etapas e selecionados pela Junta Especial de Avaliação (JEA) deverão se apresentar na EPCAR, em Barbacena (MG), no dia 21 de janeiro de 2017, para habilitação à matrícula no curso que tem duração de três anos e abrange instruções nos campos Geral e Militar.
Após a conclusão do curso com aproveitamento, o aluno receberá o certificado de conclusão do ensino médio e do próprio CPCAR e poderá concorrer ao número de vagas previsto à matrícula no primeiro ano do Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Academia da Força Aérea (AFA).




O Ministério da Saúde já vem anunciando a muito tempo que termina nesta sexta-feira (20) a campanha de vacinação contra gripa para o público-alvo que é de 49,8 milhões de pessoas, prioritárias segundo os orgias do Governo Federal, mas que até ontem segunda(16) segundo boletim oficial só foram se vacinar 35,4 milhões.  Enquanto muitos que não foram classificados "como grupos de riscos", ficam a espera de 14,400 milhões de indecisos. Foram registrados 2.808 casos de infecção pelo vírus influenza, de todos os tipos, no país. Deste total, 2.375 por Influenza A (H1N1).

Público-Alvo


As classe ou grupos alvos de prioridades do Governo Federal, através do Ministério da Saúde são: As crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos, gestantes, idosos, mulheres com até 45 dias após o parto, pessoas com doenças crônicas e como também profissionais de saúde. Povos indígenas, pessoas privadas de liberdade como: encancerados,  e funcionários do sistema prisional, doentes mentais também serão imunizados.

A meta do governo é vacinar 80% dos grupos prioritários até a próxima sexta-feira (20). Paraná, São Paulo, Amapá, Espírito Santo e DF alcançaram este objetivo antes do prazo. Dentre os grupos prioritários para a vacinação, os trabalhadores de saúde apresentam, até o momento, a maior cobertura, 86,5% dos profissionais. Em seguida estão as mulheres que tiveram bebês há até 45 dias, com 79,4% de cobertura; os idosos,72,9% e as crianças de seis meses a menores de 5 anos, com 66,5% de cobertura.

O grupo que menos procurou os postos foi o de gestantes, que está, por enquanto, com 56,6% de pessoas imunizadas. O Ministério da Saúde ressalta que, quando a gestante, é vacinada, o bebê também é imunizado. Ao todo, 49,8 milhões de pessoas integram o grupo que pode tomar a vacina pela rede pública de saúde. O imunizante disponibilizado pelo Ministério da Saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B).

Balanços Gerais


Balanço divulgado hoje (16) pelo Ministério da Saúde mostra que 71% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe em todo o país foi imunizado, o que corresponde a 35,4 milhões de pessoas. Este ano, até 9 de maio, foram registrados 2.808 casos de infecção pelo vírus influenza, de todos os tipos, no país. Deste total, 2.375 por Influenza A (H1N1), que resultaram em 470 mortes.

A quatro dias do fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que termina na próxima sexta-feira (20), o Ministério da Saúde informou ontem (16) que 21,3 milhões de pessoas haviam recebido a dose até a semana passada – 43% da população prioritária. A meta do governo é imunizar 80% do público-alvo de 49,8 milhões de pessoas.

De acordo com balanço, a Região Sul apresenta, até agora, o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal, com 55,7%; seguida pelo Sudeste (48,05%); Centro-Oeste (48%); Norte (34,9%) e Nordeste (31,65%).
Quatrounidades da federação alcançaram as maiores coberturas vacinais: Amapá (78,11%), Distrito Federal (64,7%), Goiás (63,5%) e São Paulo (61,6%). Até o momento, a Região Sul apresentou o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal contra a influenza, com 80,1%, seguida pelas regiões Sudeste (76,2%); Centro-Oeste (67%); Norte (63,8%) e Nordeste (58,4%).

Opinião


Sobre a Campanha Nacional de Vacinação e dentro das condições que se o país está tentando gerenciar a crise, mesmo de contra vontade dos brasileiros, mas que também são consciente que deve ter grupos de riscos que podem ser incluídos como prioritários profissões trabalham aglomerados e ainda mais lidam com o público. Agora não é justo em país grande desse e ser escolhido um público-alvo ou prioritário para o Ministério da Saúde, de apenas no total de 49 milhões e 800 mil pessoas.

Segundo boletim oficial só foram se vacinar 35,4 milhões.  Enquanto muitos que não foram classificados "como grupos de riscos", ficam a espera de 14,400 milhões de indecisos. Foram registrados 2.808 casos de infecção pelo vírus influenza, de todos os tipos, no país. Deste total, 2.375 por Influenza A (H1N1), resultou a morte de 470 por essa doença este ano.

Dentro de um quadro alarante desse é inadmissível ficar de braços cruzados ou esperando 14 milhões e 400 mil pessoas indecisas a se vacinarem em uma grande campanha que está havendo em todo o país e teve inicio no dia 30 do mês passado. O correto seria o Governo Federal reunir com o Ministério da Saúde e Secretários(as) de Estados da Saúde trassar metas e datas e qual outro grupo de pessoas incluía como prioritário para completar o que sobrou e não estragar um bem tão precioso para salvar vidas.


De forma eficiente, gratuito, e 24 horas  e até nos fins de semana, chegou no mercado brasileiro,  o Beep Saúde, aplicativo capaz de levar atendimento médico 24 horas, onde e quando o paciente desejar, inclusive em feriados e finais de semana. O objetivo é resgatar uma das práticas mais tradicionais da medicina - a visita domiciliar ou onde o cliente preferir - e proporcionar uma experiência diferente para profissionais e pacientes, que alie qualidade e mais flexibilidade de agenda para ambas as partes.

Para o paciente utilizar o serviço de atendimento médico, basta baixar o Beep em celulares com sistema iOS ou Android e se cadastrar. O aplicativo é gratuito e não há qualquer cobrança de mensalidade. Atualmente conta com mais de 400 médicos cadastrados, em todas as especialidades.  Mas por ser lançamento está atendendo inicialmente ao Rio de Janeiro e para quem for cadastrado nos aplicativos já mencionados.

O Beep funciona de acordo com a localização do paciente. O aplicativo mostra para o usuário as opções de médicos da especialidade desejada que estão disponíveis para atendimento imediato, em um raio de até 10km. A partir daí ele visualiza o currículo de cada um e pode "beepar" o profissional escolhido. Ao final da consulta, o paciente tem a opção de avaliar o atendimento, concedendo de 1 a 5 estrelas para o médico. Esta avaliação conta para a permanência do profissional na rede do Beep.

O Beep Saúde começa operando na cidade do Rio de Janeiro e São Paulo, e já nessa fase de lançamento conta com mais de 400 médicos cadastrados, em todas as especialidades. O processo de seleção desses profissionais passa pela análise curricular e documental. São selecionados médicos formados nas mais tradicionais universidades e serviços de residência médica, com experiência comprovada.



Pelo menos 144 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (16) e reúnem 18.438 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 27.500,17 no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, no Rio Grande do Sul. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Os órgãos que abrem inscrições para 894 vagas nesta segunda são os seguintes: Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Minas Gerais (Creci-MG), Prefeitura de Barras (PI), Prefeitura de Belo Horizonte, Prefeitura de Cardeal da Silva (BA), Prefeitura de Castro (PR), Prefeitura de Nazaré (TO), Prefeitura de Palmeiras de Goiás (GO), Prefeitura de Pirangi (SP), Prefeitura de Prudente de Morais (MG), Prefeitura de Ribeirão Claro (PR), Prefeitura de Santa Cruz do Xingu (MT), Prefeitura de Varginha (MG) e Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

Instituição/Órgão
Vagas
Salário máximo
Escolaridade
Local de trabalho
Edital
180
não informado
nível fundamental
Barbacena (MG)
13 e cadastro
R$ 16.075,09
nível superior
Rio de Janeiro e São Paulo
Câmara Municipal de Doutor Ulysses (PR)
6
R$ 2.800
todos os níveis
Doutor Ulysses (PR)
Câmara Municipal de Itaíba (PE)
6
R$ 2.500
todos os níveis
Itaíba (PE)
30
R$ 2.953,54
todos os níveis
Linhares (ES)
Câmara Municipal de Passira (PE)
10
R$ 2.500
todos os níveis
Passira (PE)
6
R$ 2.925,56
todos os níveis
Rio Paranaíba (MG)
Câmara Municipal de São Joaquim de Bicas (MG)
11
R$ 4.426,80
todos os níveis
São Joaquim de Bicas (MG)
Câmara Municipal de São José dos Pinhais (PR)
11
R$ 3.987,16
níveis médio e superior
São José dos Pinhais (PR)
Câmara Municipal de Sarandi (RS)
4
R$ 5.244,86
todos os níveis
Sarandi (RS)
Conselho Regional de Biblioteconomia da 14ª Região
1 e cadastro
R$ 2.477,99
níveis médio e superior
Santa Catarina
Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Minas Gerais (Creci-MG)
9
R$ 2.750
níveis fundamental e médio
Minas Gerais
Conselho Regional de Economia da 3ª Região
1 e cadastro
R$ 3.600
nível superior
Pernambuco
Conselho Regional de Farmácia do Paraná (CRF)
100
R$ 1.582,63
nível médio
Paraná
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Tocantins
4 e cadastro
R$ 1.546,30
nível fundamental e médio
Tocantins
Conselho Regional de Odontologia do Paraná
cadastro de reserva
R$ 6.680,90
todos os níveis
Paraná
Consório Intermunicipal do Oeste Paulista (Ciop)
79
R$ 3.259,30
todos oa níveis
São Paulo
Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira (Consaúde)
102
R$ 12.690,04
níveis médio/ técnico e superior
São Paulo
105
R$ 7.625,09
todos os níveis
Rondônia
6
R$ 2.000
nível médio
Rio Grande do Norte
440
não informado
nível médio
Campinas (SP) e Resende (RJ)
70
não informado
nível médio
não informado
Fundação de Ensino de Contagem (Funec)
25
R$ 2.178,38
níveis médio e superior
Minas Gerais
Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan/RS)
51
R$ 4.036,54
níveis médio e superior
Rio Grande do Sul
220
R$ 6.330,31
nível superior
Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (Ifal)
185
R$ 3.666,54
todos os níveis
Alagoas
36
não informado
não informado
não informado
64
R$ 9 mil
nível superior
Rio de Janeiro
6
R$ 9 mil
nível superior
Rio de Janeiro
32
R$ 8.800
nível superior
Rio de Janeiro
11
não informado
nível superior
não informado
40
não divulgado
nível superior
São Paulo
147
R$ 9.013,67
nível superior
Rio de Janeiro
Polícia Civil do Distrito Federal
100
R$ 16.830,85
nível superior
Distrito Federal
Prefeitura e Câmara de Acari (RN)
134
R$ 2.500
todos os níveis
Acari (RN)
Prefeitura de Adamantina (SP)
10
R$ 880
nível fundamental
Adamantina (SP)
430
R$ 6.075
todos os níveis
Aquidauana (MS)
Prefeitura de Arapoti (RS)
32
R$ 12.100,05
níveis médio e superior
Arapoti (RS)
25
R$ 2.757,65
todos os níveis
Ariranha do Ivaí (PR)
Prefeitura de Barras (PI)
202
R$ 1.800
todos os níveis
Barras (PI)
Prefeitura de Belo Horizonte
65
R$ 4.028,54
níveis médio e superior
Belo Horizonte
Prefeitura de Bertioga (SP)
86
R$ 3.521,52
todos os níveis
Bertioga (SP)
Prefeitura de Biguaçu (SC)
272
R$ 6.136,66
todos os níveis
Biguaçu (SC)
106
R$ 8.445,80
todos os níveis
Brasnorte (MT)
125
R$ 10 mil
todos os níveis
Caaporã (PB)
28
R$ 4.415,20
todos os níveis
Cáceres (MT)
Prefeitura de Cachoeiras de Macacu (RJ)
205
R$ 1.314,81
todos os níveis
Cachoeiras de Macacu (RJ)
Prefeitura de Campina Verde (MG)
165
R$ 4.418,70
todos os níveis
Campina Verde (MG)
Prefeitura de Cananéia (SP)
23
R$ 3.623,44
todos os níveis
Cananéia (SP)
Prefeitura de Canapi (AL)
489
R$ 3.600
todos os níveis
Canapi (AL)
102
R$ 3.000
todos os níveis
Caracaraí (RR)
Prefeitura de Cardeal da Silva (BA)
122
R$ 4 mil
todos os níveis
Cardeal da Silva (BA)
Prefeitura de Castro (PR)
88
R$ 2.135,64
níveis fundamental e médio
Castro (PR)
401
R$ 3.534,03
todos os níveis
Caucaia (CE)
Prefeitura de Cipó (BA)
190
R$ 7.500
todos os níveis
Cipó (BA)
Prefeitura de Confresa (MT)
117
R$ 1.577,68
todos os níveis
Confresa (MT)
184
R$ 6 mil
todos os níveis
Coremas (PB)
Prefeitura de Diorama (GO)
22
R$ 4.456,28
todos os níveis
Diorama (GO)
Prefeitura de Embu das Artes (SP)
33
R$ 3.200
níveis médio e superior
Embu das Artes (SP)
41
R$ 1.438,33
todos os níveis
Fervedouro (MG)
25
R$ 12.884,92
todos os níveis
Figueirópolis D'Oeste (MT)
Prefeitura de Florínea (SP)
9
R$ 1.876,07
todos os níveis
Florínea (SP)
312
R$ 3.126,86
níveis médio e superior
Foz do Iguaçu (PR)
Prefeitura de Frei Gaspar (MG)
20
R$ 10 mil
níveis fundamental e superior
Frei Gaspar (MG)
50
R$ 4 mil
todos os níveis
Glória d'Oeste (MT)
4.735
R$ 2.135,66
todos os níveis
Goiânia
48
R$ 10 mil
todos os níveis
Guaraí (TO)
Prefeitura de Iacri (SP)
9
R$ 6.421,96
todos os níveis
Iacri (SP)
Prefeitura de Ibirité (MG)
307
R$ 2.432,70
todos os níveis
Ibirité (MG)
80
R$ 15.516,27
todos os níveis
Itanhangá (MT)
Prefeitura de Itaquitinga (PE)
145
R$ 1.400
todos os níveis
Itaquitinga (PE)
Prefeitura de Jaraguá (GO)
145
R$ 1.582,51
todos os níveis
Jaraguá (GO)
57
R$ 6.065,83
todos os níveis
Jaraguari (MS)
49 e cadastro
R$ 8.793
todos os níveis
Jarinu (SP)
Prefeitura de Jesúpolis (GO)
15
R$ 1.922,08
nível superior
Jesúpolis (GO)
108
R$ 10 mil
todos os níveis
Joca Claudino (PB)
21
R$ 2.242,42
todos os níveis
Juncó do Seridó (PB)
146
R$ 3.000
todos os níveis
Lagoa da Confusão (TO)
Prefeitura de Macaubal (SP)
6
R$ 3.213,29
níveis médio/ técnico e superior
Macaubal (SP)
Prefeitura de Maracaçumé (MA)
246
não informado
todos os níveis
Maracaçumé (MA)
Prefeitura de Marechal Cândido Rondon (PR)
122
R$ 2.314
todos os níveis
Marechal Cândido Rondon (PR)
Prefeitura de Maria da Fé (MG) (1)
52
R$ 2.690,66
todos os níveis
Maria da Fé (MG)
Prefeitura de Maria da Fé (MG) (2)
27
R$ 3.587,53
todos os níveis
Maria da Fé (MG)
Prefeitura de Marilena (PR)
17
R$ 1.915,76
todos os níveis
Marilena (PR)
Prefeitura de Mogi Guaçu (SP)
23
R$ 3.470
níveis médio e superior
Mogi Guaçu (SP)
Prefeitura de Moju (PA)
265
R$ 4.606,33
todos os níveis
Moju (PA)
Prefeitura de Morro da Fumaça (SC)
62
R$ 9.077,38
todos os níveis
Morro da Fumaça (SC)
1.339
R$ 5.062,63
níveis médio e superior
Natal
Prefeitura de Nazaré (TO)
105
R$ 2.100
todos os níveis
Nazaré (TO)
Prefeitura de Novo Hamburgo (RS)
36
R$ 5.062,05
níveis médio e superior
Novo Hamburgo (RS)
Prefeitura de Pacaembu (SP)
11
R$ 1.602
todos os níveis
Pacaembu (SP)
Prefeitura de Palmeiras de Goiás (GO)
76
R$ 1.031,24
todos os níveis
Palmeiras de Goiás (GO)
132
R$ 2.314,56
todos os níveis
Palotina (PR)
Prefeitura de Paraíso (SP)
9
R$ 3.035
nível superior
Paraíso (SP)
120
R$ 5.500
todos os níveis
Parnaíba (PI)
Prefeitura de Paranapanema (SP)
13
R$ 4.800
todos os níveis
Paranapanema (SP)
Prefeitura de Passa Quatro (MG)
148
R$ 1.691,76
todos os níveis
Passa Quatro (MG)
Prefeitura de Patrocínio (MG)
8
R$ 1.452,46
nível médio
Patrocínio (MG)
8
R$ 4.842,46
todos os níveis
Piedade (SP)
Prefeitura de Piquete (SP)
33 e cadastro
R$ 7.969,36
todos os níveis
Piquete (SP)
Prefeitura de Piracicaba (SP)
40
R$ 15,23 por hora/aula
níveis médio e superior
Piracicaba (SP)
Prefeitura de Pirangi (SP)
7
R$ 11.659,80
todos os níveis
Pirangi (SP)
229
R$ 2.400
todos os níveis
Piripiri (PI)
Prefeitura de Pomerode (SC)
25
R$ 12.832,23
todos os níveis
Pomerode (SC)
60
R$ 7.002,84
todos os níveis
Porto Alegre do Norte (MT)
86
R$ 2.500
todos os níveis
Prata (PB)
Prefeitura de Prudente de Morais (MG)
110
R$ 2.800
todos os níveis
Prudente de Morais (MG)
Prefeitura de Redentora (RS)
24
R$ 2.563,44
todos os níveis
Redentora (RS)
Prefeitura de Regente Feijó (SP)
51
R$ 1.470,75
nível fundamental
Regente Feijó (SP)
Prefeitura de Ribeirão Claro (PR)
9
R$ 7.083,81
todos os níveis
Ribeirão Claro (PR)
251
R$ 3.064,32
todos os níveis
Rio Branco
Prefeitura de Santa Cecília (PB)
24
R$ 2.000
níveis médio e superior
Santa Cecília (PB)
Prefeitura de Santa Cruz do Xingu (MT)
24
R$ 3.509,45
todos os níveis
Santa Cruz do Xingu (MT)
Prefeitura de Santa Gertrudes (SP)
24
R$ 9.133,24
todos os níveis
Santa Gertrudes (SP)
Prefeitura de Santa Inês (PB)
108
R$ 2.500
todos os níveis
Santa Inês (PB)
Prefeitura de Santa Terezinha (PE)
176
R$ 8.000
todos os níveis
Santa Terezinha (PE)
Prefeitura de Santana de Pirapama (MG)
106
R$ 10.000
todos os níveis
Santana de Pirapama (MG)
Prefeitura de Santo Antônio do Decoberto (GO)
101
R$ 3.030
todos os níveis
Santo Antônio do Decoberto (GO)
Prefeitura de São Lourenço da Serra (SP)
89
R$ 1.610
todos os níveis
São Lourenço da Serra (SP)
102
R$ 4.087,66
todos os níveis
São Roque (SP)
64
R$ 6.126,53
todos os níveis
São Valério da Natividade (TO)
202
R$ 2.382,34
níveis médio e  superior
Sapé (PB)
Prefeitura de Sarandi (PR)
104 e cadastro
R$ 8.579,76
todos os níveis
Sarandi (PR)
Prefeitura de Serrana (SP)
68
R$ 3.627,13
todos os níveis
Serrana (SP)
Prefeitura de Serranópolis (GO)
139
R$ 2.500
todos os níveis
Serranópolis (GO)
Prefeitura de Simonésia (MG)
156
R$ 3.134,42
todos os níveis
Simonésia (MG)
Prefeitura de Sombrio (SC)
10 e cadastro
R$ 14.799,61
todos os níveis
Sombrio (SC)
Prefeitura de Surubim (PE)
23
R$ 1.014
nível fundamental
Surubim (PE)
Prefeitura de Telêmaco Borba (PR)
167
R$ 3.433,55
todos os níveis
Telêmaco Borba (PR)
Prefeitura de Turuçu (RS)
12 e cadastro
R$ 9.095,22
todos os níveis
Turuçu (RS)
Prefeitura de Valinhos (SP)
20
R$ 1.894,46
nível médio
Valinhos (SP)
Prefeitura de Valparaíso de Goiás (GO)
305
R$ 1.706,08
nível médio
Valparaíso de Goiás (GO)
Prefeitura de Varginha (MG)
40
R$ 11.160,89
todos os níveis
Varginha (MG)
101
R$ 2.440
todos os níveis
Vicentina (MS)
Sercomtel Telecomunicações
22
R$ 3.355,44
níveis médio/ técnico e superior
Paraná
Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Lourenço (MG)
63
R$ 6.154,21
todos os níveis
São Lourenço (MG)
Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (PA)
86
R$ 4.780,79
todos os níveis
Parauapebas (PA)
95
R$ 6.260,22
níveis médio e superior
Pará
3
R$ 27.500,17
nível superior em direito
Rio Grande do Sul
72
R$ 3.666,54
todos os níveis
Alagoas
8
R$ 8.639,50
nível superior
Espírito Santo
Universidade Federal do Pampa (Unipampa)
37
R$ 8.639,50
todos os níveis
Rio Grande do Sul
47
R$ 3.666
todos os níveis
Recife, Garanhuns,  Serra Talhada e Cabo de Santo Agostinho
1
R$ 4.014,00
nível superior
Viçosa (MG)


FonteG1 FotoBlog WRB