Dia da Bíblia, 2º domingo de dezembro, comemore você também!


O Dia da Bíblia é comemorado em diversos lugares do Brasil e do mundo, celebrando no segundo domingo de dezembro por varias Igrejas evangélicas. No mundo foi desde de 1549, pelo Bispo Cranmer, que incluiu a data no livro de orações do Rei Eduardo VI. na Grã Betanha, no Brasil foi em 1850, com a chegada de missionários Europeus. Mas a primeira manifestação publica através da Sociedade Bíblica do Brasil  em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo (SP). 
Desde dezembro de 2001. Essa comemoração tão especial passou a integrar o calendário oficial do país, graças à Lei Federal 10.335, que instituiu a celebração do Dia da Bíblia em todo o território nacional brasileiro. Hoje, as celebrações se intensificaram e diversificaram. Realização de cultos, carreatas, shows, maratonas de leitura bíblica, exposições bíblicas, construção de monumentos à Bíblia e distribuição maciça de Escrituras. 

História do Dia da Bíblia
Celebrado no segundo domingo de dezembro, o Dia da Bíblia foi criado em 1549, na Grã-Bretanha pelo Bispo Cranmer, que incluiu a data no livro de orações do Rei Eduardo VI. O Dia da Bíblia é um dia especial, e foi criado para que a população intercedesse em favor da leitura da Bíblia. No Brasil a data começou a ser celebrada em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários evangélicos. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil, em 1948, no Monumento do Ipiranga, em São Paulo (SP). 
E, graças ao trabalho de divulgação das Escrituras Sagradas, desempenhado pela entidade, o Dia da Bíblia passou a ser comemorado não só no segundo domingo de dezembro, mas também ao longo de todas a semana que antecede a data. Desde dezembro de 2001, essa comemoração tão especial passou a integrar o calendário oficial do país, graças à Lei Federal 10.335, que instituiu a celebração do Dia da Bíblia em todo o território nacional. 
Hoje, as celebrações se intensificaram e diversificaram. Realização de cultos, carreatas, shows, maratonas de leitura bíblica, exposições bíblicas, construção de monumentos à Bíblia e distribuição maciça de Escrituras são algumas das formas que os cristãos encontraram de agradecer a Deus por esse alimento para a vida.
Pedalando por Bíblias
Em vários países são organizados passeios ciclísticos para divulgar a Bíblia e arrecadar fundos em favor da causa da Bíblia. No Brasil esses passeios começaram a ser realizados no ano de 1998 e são chamados de "Pedalando por Bíblias". Igrejas e entidades cristãs tomam a iniciativa de organizar o passeio. Cada participante, ao se inscrever, doa uma ou várias Bíblias para serem distribuídas a pessoas ou entidades necessitadas. Fazendo sucesso por onde passa, a iniciativa surgiu em 1984, na Austrália, com o ciclista Bob Forrest. Nesta ocasião, ele percorreu os 900km que separam Sidney e Melbourne, na companhia de seu filho e de um amigo. Para cumprir esse percurso, o australiano conseguiu patrocinadores e destinou os recursos obtidos a projetos de distribuição de Bíblias. Replicado em mais de 20 países, como Alemanha, Argentina, Hong Kong, Namíbia, Sri Lanka e Suíça, o projeto foi adotado no Brasil em um formato que mobiliza milhares de pessoas em torno da divulgação da Bíblia Sagrada.
O que é Bíblia Sagrada

A Bíblia Sagrada ou livro sagrado é uma coletanea de livros inscrita por cerca de 40 homens inspirados por Deus, em epoca diferentes, até mesmo seculos e profissões diferentes, formando apenas um livro.  Através das linguas do Grego, hebraico e aramaico foram os idiomas utilizados para escrever os originais das Escrituras Sagradas. A produção da Bíblia começou em 1450, por Johann Gutenberg, em Mainz usando uma prensa de tipos móveis.
O Antigo Testamento foi escrito em hebraico. Apenas alguns poucos textos foram escritos em aramaico. 
O Novo Testamento foi escrito originalmente em grego, que era a língua mais utilizada na época. 

A Bíblia Sagrada é uma coletanea de livros inscrita por cerca de 40 homens inspirados por Deus, em epoca diferentes, até mesmo seculos e profissões diferentes, formando apenas um livro.  Através das linguas do Grego, hebraico e aramaico foram os idiomas utilizados para escrever os originais das Escrituras Sagradas. 
O Antigo Testamento foi escrito em hebraico. Apenas alguns poucos textos foram escritos em aramaico. 
O Novo Testamento foi escrito originalmente em grego, que era a língua mais utilizada na época. 
Grego, hebraico e aramaico foram os idiomas utilizados para escrever os originais das Escrituras Sagradas. 
O Antigo Testamento foi escrito em hebraico. Apenas alguns poucos textos foram escritos em aramaico.
SBB
Com o final da II Grande Guerra, em 1945, um clima de otimismo e esperança se espalhou pelo mundo. No Brasil, também houve um cenário favorável ao crescimento da distribuição da Bíblia. 
É nesse período que surge a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), uma entidade criada por destacados líderes cristãos. Com o lema "Dar a Bíblia à Pátria", a SBB é fundada em 10 de junho de 1948, no Rio de Janeiro. A partir de então, assume as atividades de tradução, produção e distribuição da Bíblia em todo o território brasileiro. 
A SBB é uma entidade nacional, que faz parte das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), uma aliança mundial de entidades, cuja fundação remonta ao século XIX e que foi criada com o objetivo de facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua. As SBU congregam 145 Sociedades Bíblicas, atuantes em mais de 200 países e territórios, que são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar. 
Além do trabalho na área de tradução e publicações de Bíblias, a SBB se destaca por sua atuação no campo da ação social. Desde 1962, quando inaugurou o barco Luz na Amazônia para prestar assistência espiritual e social aos ribeirinhos, a SBB tem desenvolvido inúmeros programas sociais que atendem a diferentes segmentos da população como estudantes, índios, presidiários, enfermos e deficientes visuais.

Editorial
O Dia da Bíblia é comemorado no Brasil e no mundo por diversas igrejas que planejam e realizam cultos especiais outras fazem carreatas, há desfile algumas ruas, mostrando faixas com versículos bíblicos e até as vezes exageram colocando personagens em carros alegóricos com representações da Bíblia Sagrada.  Só espero que esses personagens não sejam Eva e Adão em suas pequenas vestimentas comendo o fruto proibido, aí a moçada e até alguns velhos vão ficar inquietos. 
Eu como sou mais experientes que os moçada e mais ousado que os velhos, para mim como jornalista profissional se precisar acompanhar o Governador do Estado da Paraíba, tanto faz um concurso de Miss como visitar um trabalho de qualquer religião, como já tive essas duas esperiencias com respeito e dedicação afinal a Bíblia Sagrada diz "Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação." Romanos 13:1-2
Neste espaço aproveito pra ensinar pra alguns e outros só lembrar, mas a verdade tem que ser dita, pois o cristão tem que ler, meditar e principalmente cumprir na integra os mandamentos de Deus, que não é fácil mas temos que se esforçar. E não deixe a bíblia escanteada no armário só tirando na hora culto, mas tire um tempo do seu dia e leia algum capitulo. Pois a palavra de Deus diz: Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido (Josué 1:8).
Dia da Bíblia, 2º domingo de dezembro, comemore você também! Dia da Bíblia, 2º domingo de dezembro, comemore você também! Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 12/11/2011 11:40:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais