Verão no Brasil será marcado pela influência do fenômeno La Niña


Já começou o verão e desta vez será influenciado pelo fenômeno La Niña, caracterizado pelo esfriamento anômalo das águas superficiais do Pacífico Equatorial, favorecendo as chuvas no centro e norte do Brasil, que estão associadas com a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS).
Em razão do La Niña, é comum que no início do verão a ZCAS atue mais no centro e norte do País, deslocando-se gradativamente para o sul, chegando a São Paulo entre os meses de janeiro, fevereiro e início de março.
“Outra característica dos anos que sofrem influência do La Niña é que a estação chuvosa não se prolonga muito, e as chuvas devem começar a perder a regularidade já no início do outono”, explica o meteorologista Michael Pantera.
A ZCAS tem causado muita chuva entre a Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, onde os sistemas frontais estão atuando com maior intensidade.
O mês de janeiro ainda pode começar com poucas chuvas, mas até o final do mês esperam-se acumulados em torno ou um pouco abaixo da média. Fevereiro, que já é um mês chuvoso, pode terminar com precipitação um pouco acima da média, já que a ZCAS deve atuar com mais frequência sobre São Paulo. Já o mês de março ainda pode iniciar com as famosas “águas de março” fechando o verão, entretanto esta condição não deve perdurar até o final do mês.
Explicando o fenômeno...
  • Zonas de convergência são sistemas meteorológicos que tem forte influência sobre o tempo e o clima e se caracterizam por ser uma interação entre eventos meteorológicos das latitudes médias e tropicais. Existem quatro zonas de convergências principais que são identificadas por siglas: 

ZCAS = Zona de Convergência do Atlântico Sul,
ZCPS = Zona de Convergência do Pacífico Sul,
ZCIS = Zona de Convergência do Índico Sul
ZCIT = Zona de Convergência Intertropical.
  • A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), é definida como sendo uma faixa de nebulosidade persistente que se estende do Atlântico Sul Central ao sul da Amazônia, está associada a uma zona de convergência na baixa troposfera e é orientada no sentido noroeste-sudeste ficando bem caracterizada no verão. É a responsável por períodos de enchentes na região sudeste e veranicos (períodos de estiagem, acompanhada por calor intenso em plena estação fria com duração de mais de quatro dias, baixa umidade relativa e forte insolação) na região sul do Brasil.
Verão no Brasil será marcado pela influência do fenômeno La Niña Verão no Brasil será marcado pela influência do fenômeno La Niña Reviewed by Natan C. Bezerra on 12/27/2011 11:51:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais