8 de Março, Dia Internacional da Mulher

Elas comoraram nessa data não apenas pelo fato do incêndio provocado há um seculo e 55 anos, em uma fabrica de tecidos em Nova Iorque, para conter as manifestantes da greve justa, nem a tardia homenagem de 118 anos mais tarde pela ONU - Organização das Nações Unidas. Mas sim da luta incansável destas guerreiras que vão das simples operarias como: Servas, escravas, garis, até as dos altos cargos da política e nobreza que vão no decorrer dos seculos como: Dos tempos antigos Joana D'arc, Maria Quitéria, e a  Princesa Isabel e já nos nossos dias a Presidente da República do Brasil Dilma Rousseff. Como todos ano aqui no WRB fazemos esse artigo especial, e nesse ano trazemos as Conquistas que mudaram a História da Mulher.
Programação do Dia da Mulher na Paraíba:

O Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), participa, nesta terça e quarta-feira (6 e 7), em Brasília (DF), de reunião setorial para a I Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e Reforma Agrária, que acontece em abril. A extensionista social e articuladora da rede temática de Assistência Técnica e Rural (Ater) para mulheres, Maria Vilani Marinho de Souza, será a representante do órgão nesta reunião.
O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba conta atualmente com um efetivo de 82 mulheres entre seus oficiais, sendo quatro majores, 11 primeiro-tenentes, dez segundo-tenentes, seis aspirantes, uma subtenente, duas cabos e 16 soldados, além de 16 são do Curso de Formação de Soldados e 13 no Curso de Formação de Oficiais.  A inclusão das mulheres no Corpo de Bombeiros da Paraíba, porém sua efetivação ocorreu em 1997.
Delegadas, escrivãs e agentes da Polícia Civil da Paraíba foram homenageadas, nesta quinta-feira (8), pelos trabalhos desempenhados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de João Pessoa (Deam-JP), que completa 25 anos de fundação neste mês de março. Em solenidade realizada na sede da delegacia, foi comemorado o Dia Internacional da Mulher e o aniversário da unidade especializada, com café da manhã, apresentação da banda da Polícia Militar (PM) e discursos de pessoas diretamente envolvidas no combate à violência doméstica na Paraíba.

Conquistas Marcantes na História da Mulher

1827 - Brasil: Surge a primeira lei sobre educação das mulheres, permitindo que frequentassem as escolas elementares; as instituições de ensino mais adiantado.            
1840 - E.U.A.: Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos
1862 - Suécia: Durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.
1865 - na Alemanha: Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.
1866 - Reino Unido:  o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas
1869 - E.U.A.: é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres
1874 - Japão: Foi criada a primeira escola normal para moças
1878 - Rússia: Criada uma Universidade Feminina
1879 – Brasil: As mulheres têm autorização do governo para estudar em instituições de ensino superior.
1893 - Nova Zelândia: Pela primeira vez no mundo, as mulheres têm direito a voto.
1917 - Brasil: A professora Deolinda Daltro, fundadora do Partido Republicano Feminino em 1910, lidera uma passeata exigindo a extensão do voto às mulheres.
1920 - EUA: Sufrágio feminino nas eleições dos Estados Unidos.
1923 - Japão: As atletas femininas ganham o direito de participarem das academias de artes marciais.
1927 - Brasil: O Governador do Rio Grande do Norte, Juvenal Lamartine, conseguiu alteração da lei eleitoral dando o direito de voto às mulheres. O primeiro voto feminino no Brasil – e na América Latina! – foi em 25 de novembro, no Rio Grande do Norte. Quinze mulheres votaram, mas seus votos foram anulados no ano seguinte. No entanto, foi eleita a primeira prefeita da História do Brasil: Alzira Soriano de Souza, no município de Lages - RN.
1945 - Direitos Humanos: A igualdade de direitos entre homens e mulheres é reconhecida em documento internacional, através da Carta das Nações Unidas. Declaração Universal dos Direitos Humanos
1951 - OIT: Aprovada pela Organização Internacional do Trabalho a igualdade de remuneração entre trabalho masculino e feminino para função igual.
1974 - Argentina: Isabel Perón torna-se a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente.
1975 - Argentina: Ano Internacional da Mulher. A ONU promove a I Conferência Mundial sobre a Mulher, na Cidade do México. Na ocasião, é criado um Plano de Ação.
1979 - Brasil: Eunice Michilles, então representante do PSD/AM, torna-se a primeira mulher a ocupar o cargo de Senadora, por falecimento do titular da vaga.
1983 - Estados Unidos: Sally Ride é a primeira mulher astronauta. Voou na nave espacial Challenger.
1985 - Brasil: Surge a primeira Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher - DEAM (SP) e ainda naquele ano, com a Nova República, a Câmara dos Deputados aprova o Projeto de Lei que criou o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher.
1985 - UNIFEM : criado o Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem), em lugar do antigo Fundo de Contribuições Voluntárias das Nações Unidas para a Década da Mulher.
1988 - Brasil: Através do lobby do batom, liderado por feministas e pelas 26 deputadas federais constituintes, as mulheres obtêm importantes avanços na Constituição Federal, garantindo igualdade a direitos e obrigações entre homens e mulheres perante a lei.
1990 - Brasil: Eleita a primeira mulher para o cargo de senadora: Júnia Marise, do PDT/MG.
1993 - Viena : Ocorre, em Viena, a Conferência Mundial de Direitos Humanos. Os direitos das mulheres e a questão da violência contra o gênero recebem destaque, gerando assim a Declaração sobre a eliminação da violência contra a mulher.
1994 - Brasil: Roseana Sarney é a primeira mulher eleita governadora de um estado brasileiro: o Maranhão. Foi reeleita em 1998.
1997 - Brasil: As mulheres já ocupam 7% das cadeiras da Câmara dos Deputados; 7,4% do Senado Federal; 6% das prefeituras brasileiras (302). O índice de vereadoras eleitas aumentou de 5,5%, em 92, para 12%, em 96.
2001 - Alemanha: A alemã Jutta Kleinschmidt é a primeira mulher a vencer o Rali Paris-Dakar, na categoria carros. Considerada a prova mais difícil do planeta -
2006 - Chile: Michelle Bachelet é a primeira mulher eleita presidente, entre todos os países da América do Sul. Em 2007, mais uma presidente é eleita: Cristina Kirchner, na Argentina.

Um pouco da História do dia...

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência contra mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas. E somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).
8 de Março, Dia Internacional da Mulher 8 de Março, Dia Internacional da Mulher Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 3/08/2012 01:57:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais