Ministro acredita que tecnologia 4G será mais cara, mas reduzir serviços já oferecidos

Como toda novidades de produtos que chegam no mercado, aparecem com preços mais alto. Há uma previsão do do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que participou hoje (27) da divulgação dos preços do leilão da faixa de frequência de 2,5 giga-hertz (GHz), que será destinada à tecnologia 4G, diz que: "serviços de tecnologia de quarta geração para a internet móvel (4G) deverão ser um pouco mais altos do que os das tecnologias oferecidas atualmente, mas não poderão ser exorbitantes".
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) espera arrecadar pelo menos R$ 3,85 bilhões com o leilão da faixa de frequência de 2,5 giga-hertz (GHz), destinada à telefonia de quarta geração, marcado para o dia 12 de junho. Esse é o valor esperado se todos os lotes forem vendidos. No total, serão leiloados seis lotes, e o vencedor será aquele que oferecer o maior preço pela outorga de cada um deles.
Paulo Bernardo acredita que haverá uma concorrência acirrada no leilão. “Pelo interesse que as empresas têm demonstrado, pelas características do mercado brasileiro e pela forma como foi montado o leilão, não temos dúvida de que vai ter uma disputa acirrada, principalmente nos lotes nacionais, com certeza todos serão vendidos.”
O presidente da Anatel, João Rezende, também acredita na concorrência, tanto para o leilão da faixa de 2,5 GHz como para o da faixa de 450 mega-hertz (MHz), que servirá para ampliar a cobertura dos serviços de telefonia móvel e internet na área rural e que também será leiloada. “O Brasil é um mercado que tem competitividade e é o mais seguro hoje para atração de investimentos, porque as condições favorecem, inclusive com o crescimento da renda da população”.
O Que é 4G?

A abreviatura de “4 Generation” é simplesmente um termo de marketing termo para descrever a nova geração da tecnologia de redes móveis.  
Histórico: 
A primeira geração ou 1G, foi composta dos primeiros telefones celulares, o 2G, que começou no início dos anos 90, foi caracterizado pelo uso de tecnologia digital e o início das mensagens de texto, em seguida, a eficiência foi melhorada com o processamento de dados do 3G, permitindo a visualização de sites em seu formato original.
Características:
  • Uma melhora significativa na velocidade de transmissão de dados. Vai atingir velocidades de um gigabyte por segundo no seu celular quando você estiver parado, e de 100 megabytes por segundo, quando você está se movendo em um veículo qualquer, o que permitirá o carregamento rápido de sites, incluindo aqueles em que o há download de músicas
  • A rede 4G  é baseada em endereços IP, o mesmo que usamos  para nos conectar à internet a partir dos computadores. Podemos usar o dinamismo e os recursos do IP em uma rede de telefonia celular para suportar mais usuários simultâneos.
  • Voz, dados e serviços multimídia disponíveis a qualquer hora, em qualquer lugar.
  • Oferece proteção e maior segurança para os usuários.
  • Habilite conectividade global entre diferentes redes. Evitar a falta de cobertura quando o usuário se desloca através de áreas cobertas por redes diferentes.
Diferentemente das gerações anteriores da tecnologia móvel, os telefones 4G serão amplamente utilizados para acesso à internet em computadores. Usuários em áreas com cobertura 4G com sinal forte, serão capazes de usar a rede para uma conexão de banda larga sem instalação de provedores via cabo ou linha telefônica. Por exemplo, um usuário da rede 4G, pode compartilhar fotos e vídeos, tão rápido quanto como se estivesse ligado na sua banda larga convencional.
Agência Brasilrepórter Sabrina Craide
Ministro acredita que tecnologia 4G será mais cara, mas reduzir serviços já oferecidos Ministro acredita que tecnologia 4G será mais cara, mas reduzir serviços já oferecidos Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 4/27/2012 10:15:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais