Escritor Ariano Suassuna é indicado ao prêmio Nobel de Literatura 2012


O escritor nordestino da Paraíba Ariano Suassuna, autor de obras como "O Auto da Compadecida", como candidato do Brasil ao Prêmio Nobel de Literatura de 2012. A indicação partiu do senador Cássio Cunha Lima.  A pedido do senador Cássio Cunha Lima (PSDB/PB) a Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou, nesta quinta-feira (24.05), a indicação pelo Brasil do escritor paraibano Cássio apresentou requerimento neste sentido (234/12), onde solicita que a Presidência do Senado, “utilizando os meios diplomáticos competentes”, indique o nome de Ariano Suassuna à apreciação da Academia Sueca como candidato do país ao prêmio.

Cássio pediu ainda que a instrução do pedido seja feita com colaboração do Ministério das Relações Exteriores. “A vida e a obra de Ariano Suassuna contêm expressão filosófica que transpõe as limitações temporais e de gerações, atingindo todos os públicos e transportando-se pelos mais diversos e modernos meios de comunicação”, enfatizou Cássio. Ele frisou que há traduções da sua obras em inglês, francês, italiano, espanhol, alemão, holandês, italiano e polonês. O senador Aloysio Nunes (PSDB/SP), relator ad hoc, observou: “A Comissão de Relações Exteriores não pode negar ‘apoio unânime’ à proposta”.

  • Biografia

Segundo o Guia do Estudante: "Ariano Vilar Suassuna nasceu em João Pessoa (PB), em 16 de junho de 1927. Com apenas 3 anos, perdeu o pai, João Urbano Pessoa de Vasconcelos, assassinado por inimigos políticos que fizera ao combater o coronelismo nordestino. A mãe, Rita de Cássia Dantas Vilar Suassuna, criou sozinha o pequeno Ariano e os oito irmãos. Em 1943, Suassuna inscreveu-se no Ginásio Pernambucano. Lá escreveu os poemas Guabirabas e A Morte do Touro Mão-de-Pau, de caráter épico."
Acrescentou o G. do Estudante: " Em 1945 publicou o poema Noturno no Jornal do Comércio, do Recife. Apesar de ter iniciado estudos de literatura, formou-se em direito, na cidade do Recife, em 1946, onde escreveu no ano seguinte a peça Uma Mulher Vestida de Sol. Criou depois as peças Auto de São João da Cruz (1950), O Arco Desolado (1952) e sua obra mais conhecida, Auto da Compadecida (1955), que lhe garantiu o reconhecimento como um dos maiores dramaturgos brasileiros. Publicou ainda romances, entre os quais A Pedra do Reino (1970). É um dos principais expoentes do movimento Armorial, que trabalha na recuperação das raízes históricas do Nordeste."
Comunicação da Liderança do PSDB no Senado
Izabela Fernandes – Assessoria  

Escritor Ariano Suassuna é indicado ao prêmio Nobel de Literatura 2012 Escritor Ariano Suassuna é indicado ao prêmio Nobel de Literatura 2012 Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 5/25/2012 08:48:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais