Governador da Paraíba em 16 meses de gestão já convocou 2.388 servidores concursados

Nos primeiros 16 meses da atual gestão, o Governo do Estado já convocou 2.388 servidores aprovados em concursos públicos. O número foi apresentado no início da tarde desta segunda-feira (21), pelo governador da Paraíba Ricardo Coutinho, durante o programa Fala Governador, transmitido pela Rádio Tabajara. Do total de empossados, 1.016 foram convocados de uma única vez, no concurso do magistério realizado pela atual gestão. Já os 1.372 restantes foram aprovados em certames de gestões anteriores.
Entre eles provenientes de concursos realizados antes de 2011 estão 16 procuradores; 477 agentes penitenciários; 201 policiais civis; 521 nomeados da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa); 66 professores de filosofia e sociologia; 65 técnicos de defesa agropecuária; 22 classificados para a Universidade Estadual da Paraíba; e quatro auditores fiscais.
O mais recente concurso autorizado pela atual gestão, o da Companhia Paraibana de Gás (PBGás), o objetivo é preencher vagas na composição do quadro de profissionais e também formar cadastro de reserva técnica.
“O concurso tem vagas voltadas para nível superior, médio e médio-técnico. Os salários variam de R$ 1.850,19 a R$ 4.724,24, fora as políticas de benefícios que a PBGás oferece, como assistência médico-hospitalar e odontológica, seguro de vida, auxílio alimentação, vale transporte, entre outros”, disse o governador . A reserva técnica contemplará todos os cargos da companhia.
  • Agentes penitenciários:
O último concurso público promovido pela Secretaria do Estado da Administração Penitenciária (Seap) foi no ano de 2008. Dos 2 mil candidatos aprovados, 1.730 já foram convocados para atuarem nos presídios do Estado. Na atual gestão, o Governo nomeou 477 novos agentes penitenciários – o que representa 24% do total de aprovados. Para este ano, ainda estão previstas novas convocações para realização de cursos de formação e assim completar o total de aprovados.
Na cerimônia de posse dos últimos agentes penitenciários convocados, dia 8 deste mês, Ricardo Coutinho destacou que essa é a gestão que mais convocou concursados nos últimos anos. “Essa é uma marca que muito nos honra diante das dificuldades vivenciadas pelo Estado”, completou.
  • Procuradores:
O Conselho Superior da Procuradoria Geral do Estado da Paraíba (CSPGE) empossou, no dia 11, quatro novos procuradores nos quadros da Procuradoria Geral do Estado da Paraíba (PGE-PB). Eles estão entre os oito nomeados pelo governador Ricardo Coutinho na semana anterior, que foram aprovados no último concurso público. No Diário oficial do dia 15 deste mês outros quatro procuradores foram nomeados e em breve serão empossados.
De acordo com o procurador geral do Estado, Gilberto Carneiro, a chegada dos novos procuradores será de fundamental importância para o aprimoramento das atividades da Procuradoria nas demandas judiciais e nas diversas ações que visam defender os interesses do Estado.
  • Educação
O Diário Oficial do Estado (DOE) trouxe a relação de 41 nomeados pelo Governo para ocupar cargos de professor de Educação Básica 3, classe B, da disciplina de Filosofia. Muitos desses já estão em atividade, ministrando aulas em escolas estaduais do Estado, substituindo os professores pro-tempore.
O concurso foi realizado em 11 de janeiro de 2009, para preenchimento de 252 vagas em 222 municípios. Foram aprovados 250 professores em 108 municípios. Esse concurso teve validade de dois anos, a partir da data da homologação que ocorreu em 7 de março de 2009, prorrogado por mais dois anos, com vigência até 7 de março de 2013.
“Esses docentes foram aprovados em um concurso anterior, mas a convocação deles é um compromisso meu. Quero ver Filosofia no Ensino Médio, não só porque é uma disciplina obrigatória, mas porque precisamos avançar nas condições de ensino. Através do pensamento, da reflexão estimulada pela Filosofia, podemos melhorar muito a educação”, disse o governador Ricardo Coutinho.
Em março deste ano, o Governo do Estado deu mais um salto positivo na Educação, contratando, de uma só vez, 1.016 professores. “Este foi um feito inédito no Nordeste: nunca nenhum Estado da região contratou tantos concursados para a Educação em um único momento”, concluiu.
  • Investimento na segurança:
A atual gestão também nomeou 201 policiais civis – incluindo os 51 profissionais convocados no dia 20 de abril. Todos eles foram aprovados em concurso público realizado em 2008 e homologado em 2010. Os 201 profissionais integram a relação dos 424 que concluíram o Curso de Formação de Polícia Civil na Academia de Ensino de Polícia (AEP).
Desses últimos convocados, estão seis delegados, 25 agentes de investigação, 15 escrivães, três peritos criminais, um técnico em perícia e um necrotomista. O número de nomeados já ultrapassa 10% do efetivo total da Polícia Civil da Paraíba – que reúne 1.894 profissionais –, instituição que possui três décadas de existência. O concurso público tem validade até 2014. O Estado já havia contratado, na atual gestão, 150 policiais civis que, somados aos 51 convocados na semana passada, totalizam 201.
  • Redução dos crimes:
O governador Ricardo Coutinho declarou que a nomeação de novos policiais civis representa investimentos significativos na segurança, que já se refletem na prática. “No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, registramos uma diminuição de 40% de roubos a bancos, em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto as explosões de caixas eletrônicos caíram 60%. Vamos continuar nos alimentando com estes números, para trabalharmos cada vez mais”, afirmou.
Fonte e Fotos: Secom PB
Governador da Paraíba em 16 meses de gestão já convocou 2.388 servidores concursados Governador da Paraíba em 16 meses de gestão já convocou 2.388 servidores concursados Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 5/22/2012 08:16:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais