Oi, Tim e Claro estão proibidas de vender linhas em determinados estados até melhora em serviços

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou, nesta quarta-feira, a suspensão da venda de novas linhas telefônicas de três companhias de telefonia celular a partir da próxima segunda-feira. A agência proibiu a Tim de vender em 19 estados, a Oi em 5 estados e a Claro em 3. A medida também impede a chamada portabilidade para as operadoras punidas.

A determinação da Anatel também vale para os modens. As empresas deverão apresentar, nos próximos 30 dias, um plano de investimentos para o setor que contemple a melhora na oferta dos serviços. Se a determinação for desrespeitada, as operadoras pagarão multa de R$ 200 mil por dia. Por ter sido uma determinação da Superintendência de Serviços Privados da Anatel, e não uma decisão conjunta dos conselheiros, as empresas podem recorrer.
Segundo o presidente da agência reguladora, João Rezende, a melhora na qualidade dos serviços vai ser cobrada de todas as empresas de telefonia. As telefônicas vão ter que melhorar a qualidade da rede, a questão de chamadas que não completam e a diminuição na interrupção dos serviços, principalmente no caso de acesso à internet móvel?, afirmou.
Acreditamos que é uma solução extrema, mas queremos arrumar o setor, estamos para receber eventos esportivos que vão demandar muito uso das redes. O mercado de telefonia é muito potente, o leilão do 4G mostrou isso, e estamos preocupados, disse o presidente.
Só haverá uma companhia proibida de vender novas linhas por estado, segundo o presidente da Anatel. Juntas, as três empresas penalizadas detêm cerca de 70% do mercado de telefonia. A Vivo, companhia com a maior quantidade de clientes, não sofreu sanções. No entanto, junto com a Sercomtel e a CTBC, elas terão 30 dias para apresentar um plano de investimentos e podem sofrer sanções caso não seja cumprido.
A Claro foi proibida de habilitar novas linhas em Santa Catarina, Sergipe e São Paulo; a Oi está banida no Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul; e a Tim está proibida de vender novos chips nos 19 estados restantes: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Tocantins.
Oi, Tim e Claro estão proibidas de vender linhas em determinados estados até melhora em serviços Oi, Tim e Claro estão proibidas de vender linhas em determinados estados até melhora em serviços Reviewed by Natan C. Bezerra on 7/19/2012 12:47:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais