Morre o Pastor João Filho, da Igreja Batista de Manaíra em João Pessoa

O pastor João Gomes Filho, gestor do Programa Estadual de Políticas sobre Drogas e líder da Igreja Batista de Manaíra, em João Pessoa, faleceu na madrugada desta quinta-feira (9), aos 49 anos. Ele foi vítima de infarto agudo do miocárdio. João Gomes Filho também foi membro do comitê do fórum nacional para interlocução com o Senado Federal sobre a reforma do Código Penal no tocante à política de álcool e drogas.
O governador Ricardo Coutinho classificou como brilhante a trajetória de João Gomes “tanto no comando da igreja que fundou, quanto no Governo, pelo importante papel no combate às drogas”.  O secretário executivo da Casa Civil, Lúcio Flávio Vasconcelos, lamentou a morte do líder religioso: “Era uma pessoa jovem, de espírito dinâmico e que desenvolvia excelente trabalho à frente do programa de prevenção às drogas”.
Na noite desta quarta-feira (8) o pastor João Filho presidiu culto em sua igreja e lançou a campanha dos 40 dias de jejum. Ele completaria 50 anos no dia 13 de outubro.O corpo do pastor está sendo velado na Igreja Batista de Manaíra e o sepultamento está previsto para ocorrer às 16h desta quinta-feira no cemitério Parque das Acácias, no bairro José Américo, em João Pessoa.
  • Suas ações:
O programa Estadual de Políticas sobre Drogas (PEPD) desenvolve estratégias e políticas públicas para prevenção, tratamento e inserção social de portadores de dependência química, articulando secretarias de Estado da Saúde e Segurança, Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referências Especializados da Assistência Social (Creas) e Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). Ana Ouro, integrante do PEPD, passa a responder interinamente pela gestão do programa.
  • Como aconteceu:
O pastor estava em sua residência quando sofreu um ataque cardíaco fulminante. Ele ainda foi socorrido em direção ao Hospital da Unimed, mas não resistiu e morreu antes de chegar a casa de saúde. O corpo do pastor João Filho foi velado na Igreja Batista de Manaíra, no estacionamento dos lojistas, onde ele ministrava suas pregações evangélicas. O sepultamento aconteceu às 16h, no Cemitério Parque das Acácias, no bairro do José Américo.
  • Seu Perfil:
O pastor João Pereira Fomes Filho tinha 49 anos (completaria 50 anos no dia 13 de outubro). Nasceu em João Pessoa, era casado com a advogada Georgiana Fernandes de Carvalho Pereira Gomes, pais de Rafaela e Davi e, ainda, padrasto de George. Ele era filho do ex-desembargador João Pereira Gomes, já falecido, e Sylvia Rique. Formado em Ciências Sociais e Jurídicas pela Universidade Federal da Paraíba em 1984, João Filho era especialista em Direito Processual Civil, ex-professor de Direito Civil do Centro Universitário da Paraíba, tendo cursado também Literatura Inglesa na Universidade de Bridgeport no estado de Connecticut, Estados Unidos.
Formado em Evangelismo Avançado pelo Instituto Haggai no Hawai, EUA, cursou Teologia no Instituto Betel Brasileiro e no Seminário Teológico Batista da Paraíba. Professor de Inglês, Diretor-Presidente do Seminário Teológico Escola De Pastores no Nordeste, ex-presidente da Junta Executiva da Convenção Batista Paraibana, articulista do jornal Correio da Paraíba, foi assessor de Gabinete do Governador Tarcísio Burity e Chefe da Assessoria Jurídica do Banco do Estado da Paraíba, Setor Imobiliário.
Pastor da Igreja Batista de Manaíra desde fevereiro de 1992, membro fundador da referida igreja, escreveu três livretos: Titanic, A esperança divina e Terminando bem para comerçar melhor.
Fotos: Antonio David/ Francisco França/Secom-PB
Bananeira Online
Morre o Pastor João Filho, da Igreja Batista de Manaíra em João Pessoa Morre o Pastor João Filho, da Igreja Batista de Manaíra em João Pessoa Reviewed by Natan C. Bezerra on 8/10/2012 01:11:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais