Alunos do Colégio da PM da Paraíba se destacam em Olimpíada Nacional


Dois alunos do 9º ano do Ensino Fundamental do Colégio da Polícia Militar da Paraíba (CPM) se destacaram na 4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil, que aconteceu entre os meses de agosto e outubro, em Campinas, São Paulo. Os alunos Sérgio Everton, de 15 anos, e Giovanny Santos, de 14 anos, participaram juntamente com o professor Rodrigo Fontes, concorrendo com 10.785 equipes de todo o país e conseguiram ficar entre as 300 melhores equipes do Brasil.
“Nossos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental concorreram com alunos do 2º e 3º ano do Ensino Médio, muitos de escolas particulares e, mesmo assim, conseguiram ficar entre as 300 melhores equipes do país”, destacou o professor Rodrigo Fontes de Lima. A 4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil foi promovida pelo Museu Exploratório de Ciências da Unicamp. Os alunos paraibanos receberam medalhas, o certificado de menção honrosa e livros para estimular os estudos da disciplina.
"Estimulamos nossos alunos a criarem times nas disciplinas, assim como acontece nos esportes, então este professor se interessou e com seu time, formado por 15 alunos, intensificou os estudos em História do Brasil e conseguimos obter êxito nas cinco primeiras fases e tivemos estes alunos que chegaram à etapa final”, contou o capitão Elmer Melz, diretor do Colégio da Polícia Militar da Paraíba (CPM).
Para o aluno Giovanny Santos, participar da etapa final da olimpíada, em São Paulo, foi uma grande conquista. “Quando vimos que estávamos lá, competindo com todas aquelas escolas e conseguimos ficar entre as 300 melhores equipes do país, vi que, independente de onde você estuda, o que realmente importa é a força de vontade”, comentou o aluno.
A 4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil teve seis fases, sendo que da primeira à quinta fase foi realizada de forma online, entre os meses de agosto a outubro. A última fase, presencial, aconteceu em outubro, mesmo mês em que aconteceu a divulgação dos resultados, no último dia 21. Na primeira fase participaram 10.785 equipes de todo o país, incluindo escolas privadas, Institutos Federais de Educação e escolas públicas. Apenas 300 equipes de todo Brasil chegaram à fase presencial final, entre elas a da Paraíba. A prova final foi composta por três imagens, onde os alunos tiveram que fazer uma análise historiográfica dos documentos históricos.
  • Pai de Everton
Segundo o Radialista Sergio de Andrade, da Secom PB e pai  do aluno do Colegio da PM Sergio Everton Marques Machado, informou que seu filho é aplicado demais e nunca deu trabalho a ele nem a mãe Maria das Dores Soares Marques, desde que entrou no Colégio Militar na Alfabetização em 2003, até hoje cursando o 9ºAno do Ensino Fundamental, onde já recebeu quatro certificados de 1º lugar por média." Acrescentou "Everton Marques recebeu também um certificado do PROERB - Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência.  E desta vez é também é um orgulho para nós meu filho Everton Marque e seu amigo de colégio Giovanny Santos, os unicos a representar a Rede Estadual de Ensino e a Paraíba."
  • Proerd
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) desenvolvido pelas Polícias Militares do Brasil através dos Batalhões de Policiamento Escolar, iniciou-se em 1983 na cidade de Los Angeles, Estados Unidos. Com base no projeto D.A.R.E. (Drag Abuse Resistance Education) o Programa vem se espalhando por todo o mundo na tentativa de prevenir o uso das drogas e da violência entre crianças e adolescentes nas escolas. Consiste numa variedade de atividades interativas, projetadas para estimular os estudantes a resolverem tais problemas que são uma realidade em suas vidas.
  • Valores Sociais do Proerd
Acreditando em um ideal, o Proerd tem como um de seus objetivos proporcionar o crescimento e desenvolvimento global de nossas crianças, tornando-os cidadãos críticos capazes de resistir a pressão para usarem drogas e ajudar no processo para construção de um tão sonhado país melhor.
  •  Benefícios Comunitários
Os policiais militares especializados em orientar crianças sobre as drogas e a violência são exemplos de cidadanias; sua presença nas escolas traz segurança a toda comunidade escolar. As informações que são transmitidas aos alunos são sempre as mais atualizadas a respeito das drogas e dos vários tipos e dos tipos de abordagens, para que os estudantes tenham condições e postura equilibrada com relações as drogas de maneira pacífica, conscientizados das conseqüências de quem se transforma em um dependente químico e de quem entra para o tráfico de entorpecentes.
Fonte e Foto: Secom PB / Defesa Social de Alagoas (GO)
Alunos do Colégio da PM da Paraíba se destacam em Olimpíada Nacional Alunos do Colégio da PM da Paraíba se destacam em Olimpíada Nacional Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 11/08/2012 12:00:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais