Governador Ricardo Coutinho solicita recursos para 2ª etapa da Translitorânea da Paraíba


O governador Ricardo Coutinho, da Paraíba,  solicitou ao ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, a liberação de recursos para a construção da 2ª etapa da adutora Translitorânea, orçada em R$ 125 milhões, durante reunião de trabalho nesta terça-feira (13), em Brasília. A audiência contou com a presença do secretário executivo do PAC na Paraíba, Ricardo Barbosa.

A primeira etapa da Translitorânea  está praticamente concluída, com  91% da obra executada, e sua inauguração prevista para o primeiro semestre do próximo ano. Já foram investidos mais de R$ 100 milhões. A segunda etapa compreenderá uma nova barragem de acumulação e um novo trecho de adutora, de 11 quilômetros. Aquela adutora  vai abastecer bairros da Grande João Pessoa, além dos municípios de Alhandra e Conde. Considerada a maior obra da primeira etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC I), vai atender a 1,6 milhão de habitantes.
Ricardo Coutinho afirmou que a obra abastecerá parte de João  Pessoa e municípios vizinhos  por mais 20 anos com a duplicação da produção de água   pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) para atender a demanda da população, que cresceu muito nesses últimos anos nesta área. Ele ressaltou que o ministro Aguinaldo Ribeiro tem se mostrado bastante sensível com essa e outras obras de saneamento, abastecimento e habitação tocadas pelo Governo do Estado em parceria com o Ministério das Cidades.
Em Brasilia, Governador Ricardo com o Ministério das Cidades 
Após a audiência, o ministro Aguinaldo Ribeiro afirmou que irá se empenhar ao máximo para que as obras que estão sendo tocadas pelo Ministério e pelo Governo do Estado sejam continuadas sem nenhum prejuízo para a população e também que as novas obras e projetos se concretizem e venham melhorar a infraestrutura das cidades paraibanas.
Vamos continuar tocando isso de forma conjunta sem nenhuma dificuldade. A nossa disposição é trabalhar em parceria com o Estado e prefeituras para avançar nas ações desenvolvidas na Paraíba como a construção de casas, saneamento, sistemas de abastecimento e mobilidade urbana”, finalizou o ministro.
  • A obra
Localizado no Litoral Sul da Paraíba, o sistema adutor denominado de Translitorânea compreende a captação em três pequenas barragens nos rios Cupissura, Taperubus/Papocas e Abiaí. As adutoras desses rios convergirão para um reservatório de reunião, constando de duas câmaras de cinco mil metros cúbicos que se interliga com a Estação Elevatória denominada EB4 – daí, vai em recalque até um stand-pipe, para seguir por gravidade até a Estação de Tratamento de Água em Gramame, ampliada para tratar a vazão de 3.934 litros por segundo. Em Gramame, as obras estão avançadas na construção da nova estação de tratamento.
Fonte: Secom PB
Fotos: José Marques
#Compartilhe:
get our extension
© Blog Jornalista WRB Todo o conteúdo está publicado sob a licença: CC BY-NC 4.0 | Theme Designed by Seo Blogger Templates e Adaptado por Natan Cardoso.