Força Nacional permanecerá atuando na Paraíba, Mato Grosso do Sul e no Pará


O Ministério da Justiça prorrogou hoje (17) o período de atuação da Força Nacional de Segurança Pública na Paraíba, em Mato Grosso do Sul e no Pará. Nesses locais, a força atua em parceria com órgãos locais por motivos distintos. Na Paraíba, os agentes participam da Operação Tambiá, que tem o objetivo de solucionar casos de homicídios ocorridos na região metropolitana de João Pessoa e contribuir para a queda da taxa de assassinatos. A Força Nacional, que está no local desde agosto de 2011, permanecerá no estado por mais 120 dias.


No Pará, os agentes combatem, desde fevereiro de 2008, o desmatamento ilegal em parceria com servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) nos municípios de Altamira, Itaituba, Trairão, Jacareacanga, Uruará, Rurópolis e Vitória do Xingu. A permanência deles no estado foi prolongada até 31 de dezembro deste ano.
Já em Mato Grosso do Sul, a Força Nacional continuará atuando em conflitos fundiários entre povos indígenas e fazendeiros do sul do estado, dando apoio ostensivo à Polícia Federal e à Fundação Nacional do Índio (Funai). A atuação no estado teve início em fevereiro de 2010. A prorrogação do prazo de permanência da Força Nacional foi autorizada por meio de portarias publicadas hoje (17) no Diário Oficial da União.

  • Um pouco sobre a Força Nacional...

Estabelecida em 2004, a Força Nacional de Segurança Pública é um agrupamento de polícia da União que assume o papel de polícia militar em distúrbios sociais ou em situações excepcionais nos estados da União. Sua ativação depende da aprovação do governador daquele estado, cuja decisão é soberana. Desde sua criação, a Força Nacional de Segurança atua na repressão a rebeliões em presídios estaduais e na manutenção da ordem pública durante eventuais greves das Polícias Civil e Militar em alguns estados. A organização é composta pelos quadros mais destacados das polícias de cada estado da União e da Polícia Federal. Os candidatos devem ter entre 25 e 40 anos e ter no mínimo cinco anos de experiência. Outra exigência é ter disponibilidade para ser convocado pelo período de 90 dias, em data indeterminada, e ter recebido o conceito "muito bom" no teste de aptidão física. O comando da Força Nacional é feito pelo Ministério da Justiça, com as ações práticas divididas entre a Secretaria Nacional de Segurança Pública e um quadro de funcionários egressos da polícia, seja militar ou federal.

Por Vinícius Soares - Repórter da Agência Brasil

Força Nacional permanecerá atuando na Paraíba, Mato Grosso do Sul e no Pará Força Nacional permanecerá atuando na Paraíba, Mato Grosso do Sul e no Pará Reviewed by Natan C. Bezerra on 12/17/2012 09:27:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais