Inaugurada enfermaria para tratamento de mulheres dependentes químicas

O Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira inaugurou, na manhã desta quinta-feira (14), capital paraibana  uma nova enfermaria para tratamento de mulheres dependentes químicas. O novo espaço, que conta com 12 leitos, é mais um investimento do Governo do Estado na humanização do atendimento à mulher paraibana que convive com a dependência química. A unidade de saúde oferece acolhimento às pessoas em situação de crise/surto psiquiátrico. Esses usuários são atendidos no Pronto Atendimento com consultas ambulatoriais.
A solenidade de inauguração da enfermaria para tratamento de mulheres dependentes químicas contou com as presenças da primeira dama do Estado, Pâmela Bório; da secretária de Estado da Comunicação, Estela Bezerra; da secretária Executiva da Saúde, Cláudia Veras, e da diretora do Complexo Juliano Moreira, Ana Tereza. Também estiveram presentes pacientes e funcionários do Juliano Moreira.
As usuárias da nova enfermaria passam a ter cuidados especiais, com atenção voltada para um grupo que até então não tinha um espaço específico para esse tipo de tratamento direcionado para dependência química. A primeira dama da Paraíba, Pâmela Bório, destacou o novo espaço como uma ‘conquista’ para a mulher. “Já era de se esperar mais essa conquista para a mulher paraibana, já que ela é a base da família. As mulheres dependentes químicas são seres humanos, que merecem todo nosso respeito e têm direito à ressocialização. O Governo do Estado tem trabalhado de forma esforçada para oferecer um atendimento humanizado para a população”, frisou Pâmela.
Já a diretora do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, Ana Tereza, manifestou a alegria de ter um espaço de reinserção da mulher na sociedade. “Eu me sinto realizada, pois com esse espaço há o reconhecimento político de que as mulheres terão a oportunidade de uma maior reinserção na sociedade, aumentando a autoestima delas”, destacou Ana Tereza.

  • Sobre o Hospital

O Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, possui cerca de 200 leitos, sendo 28 destinados a dependentes químicos. A unidade de saúde oferece acolhimento às pessoas em situação de crise/surto psiquiátrico. Esses usuários são atendidos no Pronto Atendimento com consultas ambulatoriais. No setor de internação, o atendimento é feito por uma equipe multiprofissional com o uso da arte terapia, tratamento medicamentoso, grupos de família e operativo, cozinha experimental, aulas de dança, atividade física, passeios e exibição de filmes, tudo isso dentro de um processo de ressocialização.
Sempre são realizadas em datas comemorativas, como Carnaval, Semana Santa, São João, Dia dos Pais, Dia das Mães e 7 de Setembro, o Juliano Moreira desenvolve atividades especiais  como forma de resgatar a autoestima dos usuários  e mostrar que eles são capazes de viver em sociedade. “Queremos, com esses eventos, promover a reinserção social desses pacientes e mostrar que o tratamento não se restringe apenas ao uso de medicamentos, mas com a promoção de ações psicossociais e terapêuticas. O portador de distúrbio mental merece atenção, respeito e, acima de tudo, ser tratado com dignidade”, destacou Madson Souza.
Outro projeto que vem sendo colocado em prática pelo Juliano Moreia é o de “Desinstitucionalização”, que tem como principal objetivo fazer com que os pacientes da unidade de saúde sejam colocados de volta à sociedade e ao convívio familiar, de acordo com o que determina a lei 10.216/01 da Reforma Psiquiátrica.
Segundo a diretora, desde que o projeto foi implantado, em março do ano passado, 32 leitos já foram desocupados e hoje 16 pacientes estão em fase de adaptação, preparação e ressocialização. Desse total, sete serão encaminhados para a Residência Terapêutica do Bairro de Mangabeira, que tem prazo previsto para começar a funcionar em maio deste ano.
Fonte: Secom PB
Fotos: Kleide Teixeira 
Inaugurada enfermaria para tratamento de mulheres dependentes químicas Inaugurada enfermaria para tratamento de mulheres dependentes químicas Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 3/15/2013 09:12:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais