Bancada evangélica na Câmara sai em defesa do Pastor Marco Feliciano

Um dos líderes da bancada evangélica na Câmara dos Deputados, Hidekazu Takayama (PSC-PR), afirmou durante uma sessão solene nesta segunda-feira, 08 de abril, que "está havendo incoerência na análise da situação envolvendo o pastor Marco Feliciano."
“O que não está correto é querer fazer baderna na Câmara, colocar ativistas para denegrir a imagem de um cristão. Nunca nos opomos a que simpatizantes dos homossexuais ocupassem a presidência de uma comissão. Agora, quando temos a oportunidade de colocar alguém em uma comissão, não podemos”, afirmou o deputado.
O deputado Takayama enviou um recado à direção da Câmara dos Deputados e aos líderes de partidos: “Se deixar prevalecer meia dúzia de ativistas porque não têm visão igual a nossa, podemos colocar dois, três quatro milhões de cristãos na porta dessa Casa”, disse, antes de complementar dizendo que o tipo de abertura que está sendo feito para os ativistas de uma determinada classe abre precedentes perigosos na Câmara: “Isso também pode ocorrer amanhã em setor que não seja cristão e vocês terão dificuldade de colocar seus representantes”, alertou, de acordo com a Folha de S. Paulo.
O discurso foi seguido pelo deputado Nilton Capixaba (PTB-RO), que parabenizou Feliciano por defender o povo evangélico e resistir às tentativas de tirá-lo da CDHM, pois o direito à liberdade de expressão estaria sendo ferido e isto está garantido. Segundo o portal de notícias da Câmara, Capixaba disse ainda acreditar que o pastor exercerá um bom mandato na condução dos trabalhos da CDHM: “Ele fará chegar o direito humano às pessoas que precisam”.
Uma reunião entre os líderes de partido e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) acontecerá amanhã, às 11h00, para analisar a situação e decidir que postura tomar a respeito. O pastor Marco Feliciano poderá comparecer à reunião, mas adiantou, através de seus assessores, que não renunciará.
  • Protestos no Rio e São Paulo
O último final de semana foi marcado por protestos contra o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) no Rio de Janeiro e em São Paulo. Na capital fluminense, aproximadamente 1,5 mil pessoas participaram da manifestação, enquanto que em São Paulo, o grupo foi formado por 200 pessoas, de acordo com informações do G1.
Os organizadores enfatizavam durante o protesto, que Feliciano não representa os direitos e as ideias dos brasileiros, e que por isso não tem condições de presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM): “Bandeiras históricas que sempre tiveram no estado laico a garantia da sua existência hoje estão ameaçadas. O Congresso tem que se posicionar em relação a isso. Mas é importante que a sociedade civil faça o seu papel e cobre outra postura dos deputados”, afirmou o deputado estadual Marcelo Freixo.
  • Opinião
Muitos que desejaram ou desejam o bem para as pessoas são mal interpretado e é natural da humanidade que querem ser livres e desfrutarem sonhos e prazeres, e quando  isso é interrompido, por opiniões ou  ações sentem incomodados, inconformados e insatisfeitos "por não poder de público os seus reais desejos e prazeres carnais, muito embora muitas atitudes anti-ética já foram libertas ao público e na mídia." Acrescentou o pastor e jornalista Walter Rafael " Ao pastor e deputado Marco Feliciano, perante Deus o amigo já fez sua parte perante essa causa,  parabéns por se comportar-se como mais um João Batista que prega no deserto de um mundo moderno." Muitos evangélicos preferem que o nobre Deputado representar a classe evangélica mas no Senado Federal, que poderia ser um dos mais votados do país para tal cargo."
"Deus ama a todos, dar livre arbítrio e chama o mais vil pecador a ter uma mudança de vida e ser uma nova criatura, ser candidatos não a algum cargo político ou galgar uma função de destaque que é bom e honroso na terra mas estou falando de algo melhor, que é o Reino de Deus, a salvação eterna, viver mil anos na boança." Segundo a Bíblia Sagrada que é a palavra de Deus, escrita por cerca de 40 homens mas, inspirados pelo Espírito Santo de Deus, desde do livro de Gênesis à Malaquias que  fazem parte do Antigo Testamento e somam 39 e como também do Livro de S. Mateus ao livro das revelações muito embora muitos livros do Antigo Testamento profetizado elo Espirito Santo de Deus, através dos profetas e no Novo Testamento pelo próprio Jesus Cristo contidos em vários evangelhos mas do futuro da humanidade, que é o Apocalipse se desejar um resumo está do capítulo 14 ao 22 mas se preferir só a conclusão do 20 à 22. "Lembre-se que Deus chama a todos a se arrepender, pedir perdão e viver uma vida de mudança e condigna, todos podem se inscrever a ir ao céu mas, só irão ao Reino do Senhor Deus aqueles aprovados por Ele e mais ninguém."  Acrescentou "Almejaria que muitos fossem escolhidos mas a palavra de Deus não afirma isso". 
Fonte: Gospel Mais 

Bancada evangélica na Câmara sai em defesa do Pastor Marco Feliciano Bancada evangélica na Câmara sai em defesa do Pastor Marco Feliciano Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 4/09/2013 01:29:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais