Rômulo prestigia comemoração de 58 anos do 1º Grupamento de Engenharia

O vice-governador da Paraíba Rômulo Gouveia participou nesta quinta-feira (25) das comemorações do 58º aniversário de criação do 1° Grupamento de Engenharia. Rômulo destacou a importância do Grupamento para Paraíba, lembrando que o Exército é responsável por parte da duplicação de BRs e de trechos da Transposição do Rio São Francisco.
O 1º Grupamento de Engenharia, criado em 1955 é o Grande Comando de Engenharia com sede em João Pessoa-PB, responsável pelo apoio de Engenharia na região Nordeste tendo como subordinados:  o 1º Batalhão de Engenharia de Construção, sediado em Caicó – RN; 2º Batalhão de Engenharia de Construção, sediado em Teresina – PI;  3º Batalhão de Engenharia de Construção, sediado em Picos – PI; 4º Batalhão de Engenharia de Construção, sediado em Barreiras – BA e o  7º Batalhão de Engenharia de Combate, sediado em Natal – RN.
O Grupamento surgiu da necessidade de assegurar a conjugação dos esforços de três Unidades de Engenharia pioneiras: o 1º Batalhão Rodoviário e os 3º e 4º Batalhões Ferroviários, com sedes, respectivamente, em Caicó (RN), Campina Grande (PB) e Crateús (CE). Suas missões iniciais abrangiam a construção de rodovias e ferrovias e a execução de obras contra os efeitos da seca. Contudo, ao longo de sua história o Grupamento sofreu diversas modificações, tanto em sua organização como em seu dispositivo.
Na década de 70, o Grupamento passou a denominar-se 1º Grupamento de Engenharia de Construção e sofreu novas alterações em seu dispositivo. O 1º Batalhão de Engenharia de Construção foi transferido para São Gabriel da Cachoeira (AM) e subordinado ao 2º Grupamento de Engenharia de Construção, com sede em Manaus (AM). Os 3º e 4º Batalhões de Engenharia de Construção foram transferidos para Picos (PI) e Barreiras (BA), respectivamente, onde permanecem.
Hoje, o Grupamento “General Lyra Tavares” tem, entre suas missões: proporcionar apoio de Engenharia ao Comando Militar do Nordeste e contribuir com o desenvolvimento nacional coordenando a execução de obras de cooperação. Atualmente, destacam-se as obras de adequação da capacidade rodoviária da BR 101/NE e da BR 135/PI, a recuperação da pista do Aeroporto de São Luís (MA), a construção da pista e do pátio de estacionamento do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN) e do Anel Viário da cidade de Barreiras (BA) e trabalhos atinentes aos Projetos de Integração e de Revitalização do Rio São Francisco.

  • Histórico do 1º Grupamento


O 1º Grupamento de Engenharia é um Grande Comando com sede em João Pessoa (PB), responsável pelo apoio de Engenharia na região Nordeste. Criado em 1955 (Decreto nº 37.221, de 27 de abril) na cidade de Campina Grande (PB), o Grupamento surgiu da necessidade de assegurar a conjugação dos esforços de três Unidades de Engenharia pioneiras: o 1º Batalhão Rodoviário e os 3º e 4º Batalhões Ferroviários, com sedes, respectivamente, em Caicó (RN), Campina Grande (PB) e Crateús (CE).
Em 1956 foi criada mais uma Unidade, o Batalhão de Serviços de Engenharia, com sede em Campina Grande (PB). Ao mesmo tempo, o Comando do Grupamento foi transferido para Natal (RN) e, no mesmo ano, para João Pessoa (PB). Em 1957, o 1º Batalhão Rodoviário e os 3º e 4º Batalhões Ferroviários foram transformados em Batalhões de Engenharia de Construção. No mesmo ano, foi criada mais uma Unidade subordinada ao Grupamento: o 2º Batalhão de Engenharia de Construção, com sede em Teresina (PI).
Em 1965, foi extinto o Batalhão de Serviços de Engenharia, pelo mesmo Decreto que criou o 5ºBatalhão de Engenharia de Construção em Porto Velho (RO).
Na década de 70, o Grupamento passou a denominar-se 1º Grupamento de Engenharia de Construção e sofreu novas alterações em seu dispositivo. O 1º Batalhão de Engenharia de Construção foi transferido para São Gabriel da Cachoeira (AM) e subordinado ao 2º Grupamento de Engenharia de Construção, com sede em Manaus (AM). Os 3º e 4º Batalhões de Engenharia de Construção foram transferidos para Picos (PI) e Barreiras (BA), respectivamente, onde permanecem.
Em 1982 o 1º Batalhão de Engenharia de Construção foi reincorporado ao 1º Grupamento e voltou a ocupar sua sede em Caicó (RN). Em 8 de junho de 1999, o Ministro do Exército concedeu ao então 1º Grupamento de Engenharia de Construção a denominação histórica de “Grupamento General Lyra Tavares”, em homenagem a este grande engenheiro pessoense que foi Ministro do Exército, membro da Academia Brasileira de Letras, embaixador e autor de vários livros, poesias e da canção da Engenharia do Exército Brasileiro.
Em 1º de agosto de 2005, mais uma vez reorganizado, o Grupamento incorporou o 7º Batalhão de Engenharia de Combate (Natal/RN) e passou a ter novamente sua denominação original: 1º Grupamento de Engenharia.
Hoje, o Grupamento “General Lyra Tavares” tem, entre suas missões: proporcionar apoio de Engenharia ao Comando Militar do Nordeste e contribuir com o desenvolvimento nacional coordenando a execução de obras de cooperação. Atualmente, destacam-se as obras de adequação da capacidade rodoviária da BR 101/NE e da BR 135/PI, a recuperação da pista do Aeroporto de São Luís (MA), a construção da pista e do pátio de estacionamento do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN) e do Anel Viário da cidade de Barreiras (BA) e trabalhos atinentes aos Projetos de Integração e de Revitalização do Rio São Francisco.
Fonte e Foto: Secom PB

Rômulo prestigia comemoração de 58 anos do 1º Grupamento de Engenharia Rômulo prestigia comemoração de 58 anos do 1º Grupamento de Engenharia Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 4/26/2013 10:03:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais