TJ-PB e Corregedoria irá unir 1.000 casais no maior casamento da Paraíba

Uma mega cerimonia de casamento está sendo elaborada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, por meio da Vara de Feitos Especiais e pela Corregedoria Geral de Justiça do TJPB. O evento pretende unir 1.000 casais no Centro de Convenções de João Pessoa, localizado no Bairro do Altiplano. Para que a iniciativa seja colocada em prática ainda neste semestre, o Poder Judiciário está firmando parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Humano do Governo do Estado e a Associação dos Notários e Registradores da Paraíba (Anoreg). Esse grande feito social quando se concretizar tornará o maior número de casais se unindo de uma só vez no Estado da Paraíba.
O juiz titular da Vara de Feitos Especial, Romero Carneiro Feitosa, informou que a  proposta foi levada e acolhida pela presidente do Tribunal, desembargadora de Fátima Bezerra Cavalcanti. “Por outro lado, nos reunimos com o corregedor-geral de Justiça desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, que apoiou a ideia”, revelou.
O magistrado informou também que o assunto foi discutido recentemente durante  reunião realizada na Corregedoria Geral de Justiça e contou com o presidente da Anoreg, Germano Toscano de Brito. “A reunião serviu para traçar as principais estratégias de viabilização do projeto”, adiantou.
Romero Feitosa explicou que a divisão dos valores dos emolumentos será feita entre os órgãos que devem participar do projeto, já considerado inédito. No caso do TJPB, o Fundo de Apoio ao Registrador de Pessoas Naturais (Farpen) será acionado. “João Pessoa servirá como projeto piloto. Nossa ideia é alcançar as principais comarcas do Estado, com o formato semelhante”, assegurou.
Já o presidente da Anoreg disse que uma dos fatores que precisam ser definidos diz respeito a questão dos convidados. “Geralmente, um casal convida de quatro a cinco pessoas. Com base nesse cálculo, uma cerimônia como essa deve reunir cerca de cinco mil pessoas. Então, tudo tem que ser muito pensado”, destacou Germano Toscano.
  • Casamentos
Foto: Gecom-TJPB
Três vezes por mês, sempre nas tardes das quintas-feiras, é realizado casamentos comunitários, no Complexo Judiciário do Tribunal do Justiça da Paraíba, localizado no Bairro do Altiplano, em João Pessoa. O juiz Romero Carneiro Feitosa, que preside a cerimônia, disse que em média 40 casais se unem oficialmente no casamento coletivo.
A Justiça exige alguns documentos básicos para a realização do casamento. Antes, Os noivos devem comparecer ao cartório para dar entrada no processo de habilitação para o casamento civil, o que deve ser feito com antecedência de 30 dias da data pretendida.
No caso dos noivos solteiros são necessários a certidão de nascimento dos pretendentes; RG; declaração do estado civil, do domicílio e da residência atual dos noivos e de seus pais; declaração de duas testemunhas maiores de idade, parentes ou não, que atestem conhecê-los e afirmem não existir impedimento para a união. No caso dos noivos viúvos, divorciados e estrangeiros é solicitada documentação específica, que pode ser consultada no próprio cartório ou sites especializados.
Fonte: Gecom/ TJPB 
Reportagem: Fernando Patriota
TJ-PB e Corregedoria irá unir 1.000 casais no maior casamento da Paraíba TJ-PB e Corregedoria irá unir 1.000 casais no maior casamento da Paraíba Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 4/04/2013 09:35:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais