Prefeito de JP lança programa que fará mais de 1.800 cirurgias ortopédicas

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, lançou, na manhã desta segunda-feira (6), o Programa Emergencial de Cirurgias Ortopédicas do Ortotrauma (Pecoo). O evento aconteceu na sede do Complexo Hospitalar Mangabeira Governador Tarcísio Burity e marcou o início do processo de atendimentos para zerar a fila de espera por procedimentos deste tipo. Para garantir a eficiência do trabalho, o prefeito entregou duas novas salas de cirurgia completas. O programa deverá atender 1.892 pacientes, com recursos de R$ 3 milhões do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).
“A agilidade na realização de cirurgias ortopédicas sempre foi considerado um dos principais desafios na Saúde de nossa Capital, mas agora damos o passo decisivo para resolver a situação”, destacou o prefeito. “Com este programa poderemos zerar a fila de espera e trazer mais eficiência para todo o processo com os novos pacientes”, disse Luciano Cartaxo.
O secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, ressaltou que a iniciativa é fruto da percepção da gestão de que o problema do andamento das cirurgias não poderia esperar por uma solução em longo prazo. “É uma lista de espera muito grande e em uma área onde a demora no atendimento pode significar a eminência de graves sequelas”, avaliou.

Assinatura

As cirurgias serão realizadas pelos hospitais Ortotrauma e Santa Isabel, do Município, além do Hospital Samaritano, que atuará no programa por meio de um convênio com a PMJP. O contrato foi assinado durante a cerimônia de lançamento do Pecoo pelo prefeito Luciano Cartaxo, o secretário Adalberto Fulgêncio e o diretor administrativo do Samaritano, Ricardo de Melo.
Por dia, as três unidades hospitalares vão realizar 30 cirurgias, sendo 18 no Ortotrauma, seis no Santa Isabel e mais seis no Samaritano. Todo o procedimento, no entanto, precisa ser feito inicialmente no Ortotrauma. “É importante destacar que o acolhimento e encaminhamento para as cirurgias serão feitas no Ortotrauma”, destacou a diretora do Hospital, Adriana Lobão. “Esse complexo será a porta de entrada para todo o programa”, reafirmou.

Cirurgias

As cirurgias serão: artroplastias de quadril (168); artroplastias de joelho (251); artroscopias de joelho (787); artroscopias de ombro (183); artrodeses (85); cirurgias de dedos, punhos e cotovelos (115); osteotomias(78); cirurgias de pé e tornozelo (53); e ressecções (21). Os demais procedimentos somam 151. Além das 1.892 cirurgias da lista de espera, os hospitais darão atenção necessária aos novos casos. De acordo com o secretário Adalberto Fulgêncio, a fila já existente será congelada e zerada em, no máximo, dez meses. Os novos casos formarão uma nova fila, que será atendida de acordo com as determinações do Ministério da Saúde, com prazo de espera de, no máximo, 60 dias.

Conselho

Os procedimentos serão monitorados em toda a sua extensão por um conselho especializado, convocado pela PMJP. O grupo será formado por representantes do Conselho Municipal de Saúde, do Ministério Público, da Regulação Municipal, da Câmara Municipal de João Pessoa e por um representante da fila de espera.

Presenças

Estiveram presentes no evento os vereadores João Almeida, Djanilson da Fonseca, Luís Flavio e Santino. Também compareceram o presidente do Conselho Regional de Medicina, João Medeiros, e o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Wanderley Viegas.
Portal do Governo do Município de João Pessoa
Prefeito de JP lança programa que fará mais de 1.800 cirurgias ortopédicas Prefeito de JP lança programa que fará mais de 1.800 cirurgias ortopédicas Reviewed by Natan C. Bezerra on 5/06/2013 09:58:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais