Projeto ‘Rota 101 Nordeste’ poderá atrair 10 milhões de turistas a região


Em ação conjunta dos Estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas lançaram, nesta terça-feira (21), o projeto ‘Rota 101 Nordeste’, que será integrado por cerca de 70 cidades turísticas da região ao longo da BR-101, além de outros municípios distantes até 120 km, como Campina Grande, Areia e Bananeiras. O lançamento ocorreu no auditório da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e contou com as presenças de autoridades paraibanas e potiguares, além do trade local. O projeto ‘Rota 101 Nordeste’ tentará atrair um público de 10 milhões de turistas que circulam pela região Nordeste, sendo que 4 milhões são nordestinos. Para atingir esse objetivo estão sendo formatados roteiros intrarregionais, a partir das quatro capitais (João Pessoa, Natal, Recife e Alagoas).
De acordo com o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba, Renato Feliciano, após a assinatura de um ‘Protocolo de Intenções’ entre os representantes dos quatro Estados, será dada a partida para viabilizar o projeto da Rota 101 Nordeste. “Iremos integralizar o turismo regional de uma forma mais profissional”, afirmou. Uma das ações por meio do protocolo, assinado entre a Setde e a Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte, será elaborar um guia com informações sobre os destinos turísticos às margens da BR-101, com criação de um aplicativo para aparelhos móveis (celulares, tablets e iphones).
Renato Feliciano afirmou que os estados envolvidos na Rota 101, na realidade, estão criando um novo ‘Polo Turístico do Nordeste’ e que já existem entendimentos com as grandes operadoras de turismo, locadoras de veículos, e até companhias aéreas, para formatarem roteiros integrando as cidades desses estados por meio de um turismo compartilhado. “As operadoras já observam a Rota 101 como um novo produto do Nordeste”, enfatizou o secretário. As secretarias de turismo já estão promovendo o levantamento dos roteiros.
O secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Renato Fernandes, afirmou que a Rota 101 surge em um momento de crise econômica na Europa, com consequente redução de turistas do continente europeu no Brasil, mas, sobretudo, por conta da realização dos eventos esportivos, como as Copas da Confederação e do Mundo, as Olimpíadas em 2016, no Rio de Janeiro. “A Rota 101 é um projeto indutor do turismo na região que precisa ser consolidado de uma forma compartilhada”, pontuou o secretário potiguar.
Renato Fernandes revelou que o ministro do Turismo, Gastão Vieira, é um dos entusiastas do projeto. De acordo com Fernandes, o ministro pretende torná-lo um modelo a ser desenvolvido em outras regiões do Brasil. Em um só roteiro, os turistas poderão conhecer até quatro estados nordestinos, que ficaram no entorno de 600 km de distância, entre Maceió e Natal. Em um pacote de uma semana, o turista pode visitar vários pontos turísticos de diversas cidades da região.
Guia – A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, disse que o guia da Rota 101 Nordeste tem sido uma das prioridades do projeto. Serão produzidos cerca de 1 milhão de exemplares, que serão distribuídos nos principais mercados emissores de turistas para a região. A executiva destacou que a ideia básica das propostas é o incentivo ao turismo rodoviário, reduzindo a dependência das rotas das companhias aéreas.

Salão de Turismo

Para massificar a Rota 101, também foi criado o Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que será promovido entre os dias 4 e 6 de junho, no Centro de Convenções de Natal. O Salão será itinerante e a sua segunda edição deve ser realizada em João Pessoa. Para a 1ª edição, segundo os organizadores, já estão confirmadas as participações de 180 expositores, 900 agentes de viagens (300 de cada Estado, à exceção de Alagoas), além das maiores operadoras de turismo do País, que levarão seus principais vendedores.
De acordo com Antônio Roberto, um dos organizadores do Salão, haverá uma campanha de divulgação dos destinos que integram a Rota 101, como a instalação de outdoors nas principais capitais brasileiras, onde haverá a identificação do destino integrante do projeto, com a frase: “João Pessoa faz parte da Rota 101”. “Temos que informar ao público o que é o projeto”, enfatizou o empresário.
Fonte: Secom PB
Projeto ‘Rota 101 Nordeste’ poderá atrair 10 milhões de turistas a região Projeto ‘Rota 101 Nordeste’ poderá atrair 10 milhões de turistas a região Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 5/22/2013 09:01:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais