Programa de internet livre na Paraíba alcança 40 Terabytes de navegação

Com a finalidade promover inclusão digital para jovens e adultos no estado da Paraíba, o Junts, projeto de Internet Livre da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid) vem levando oportunidade de emprego, geração de renda, construção do conhecimento, educação e melhoria da qualidade de vida para mais de 15 localidades paraibanas.

Segundo relatórios técnicos, o Junts superou todas as expectativas iniciais e já registra mensalmente, em todo o estado, 40TB (terabytes) de navegação. Em localidades como Barra de Mamanguape, registrou a média de 1.200 acessos/mês que receberam 15TB de dados; o município de Rio Tinto registrou a média de 1.800 acessos, recebendo em 30 dias, 10TB de dados. O Lyceu Paraibano (localizado em João Pessoa), o assentamento rural Dona Helena e a Fazenda Santa Luzia (Cruz do Espírito Santo), o Parque do Povo (Campina Grande) e os municípios de Mari, Patos, Mamanguape e Salemas (Rio Tinto) são alguns dos pontos já instalados do Junts, que totalizam a marca de 40TB.

“Queremos dar ao cidadão àquilo que a Organização das Nações Unidas já reconheceu como um direito humano. Queremos internet livre para todos! Esperamos, com o Junts, atingir a meta de cem localidades na Paraíba até fim do mês de abril, atualmente estamos com 15 localidades, que envolvem assentamentos rurais, comunidades de pescadores, associações, praças, aldeias indígenas”, pontuou Percival Henriques, presidente da Anid.

Ainda de acordo com ele, a necessidade da existência de um processo de socialização e democratização do conhecimento e da tecnologia torna-se cada vez mais urgente para a economia solidária. “Quando eu falo de sociedade, é isso! Além da sociedade da informação. São meninos e meninas, antes excluídos, dizendo para o mundo que estão por aqui, podendo se expressar e conquistar espaços de conectividade. A Internet é também espaço de liberdade”, ressaltou.

O Projeto Junts prevê o envolvimento de prefeituras, órgãos públicos municipais, estaduais e federais, bem como participação da iniciativa privada, tanto no patrocínio de implantação do projeto, quanto na cessão de seus estabelecimentos na difusão do projeto, mediante ressarcimento de custos de instalação. Na primeira etapa, a ANID escolherá, através de critérios próprios, pontos relevantes entre escolas, praças públicas, prefeituras e estabelecimentos comerciais de grande fluxo para implantação do Junts.


FonteTambaú 247 FotoiStock
Programa de internet livre na Paraíba alcança 40 Terabytes de navegação Programa de internet livre na Paraíba alcança 40 Terabytes de navegação Reviewed by Natan C. Bezerra on 1/20/2014 09:02:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais