Rádio Tabajara da Paraíba, há 77 anos patrimônio cultural dos paraibanos

A história do rádio na Paraíba começou aos 25 de janeiro de 1937 com a inauguração da Rádio Difusora do Estado - PRI-4, pelo governador Argemiro de Figueiredo. Meses depois, em abril daquele ano, numa homenagem aos índios Tabajara a emissora do governo recebeu o nome de Rádio Tabajara.

Os 77 anos da antiga PRI-4 completados neste sábado (25) correspondem a 28.105 dias ou 924 meses no ar, com música de qualidade, jornalismo de credibilidade e transmissões esportivas no território paraibano, no Brasil e ainda direto de alguns países, na cobertura de Copas do Mundo de Futebol. Agora em 2014 a equipe nota dez da tabajara marcará presença nos jogos pelo Brasil afora. A Rádio Clube da Paraíba, emissora artesanal criada por um grupo de amigos, foi o embrião da Tabajara.

O secretário de Estado da Comunicação Institucional, Luís Tôrres, ressaltou a importância da emissora na construção da história da radiofonia paraibana. “Temos orgulho em compartilhar mais um aniversário da Tabajara, esse patrimônio não apenas da radiofonia, mas da história da Paraíba. A Tabajara será sempre a mãe de todas as rádios do nosso Estado”, enfatizou o secretário.

Prédio antigo da Rádio Tabajara, demolido na década de 80.
Nesses 77 anos a Rádio Tabajara já foi dirigida por mais de 40 pessoas sendo a atual superintendente Maria Eduarda Santos a primeira mulher a assumir o cargo. “Somos uma emissora pública e temos muito respeito ao povo paraibano. Nós temos muito cuidado com a informação, com a música que é tocada aqui e nossa pretensão é apresentar às pessoas música de qualidade, notícias com credibilidade, com coerência, e isto se faz com o respeito aos profissionais dessa emissora a quem tratamos como colaboradores. Me sinto feliz pelo êxito, pelo resultado desse novo tempo”, declarou Duda Santos. Há décadas a rádio necessitava de um novo transmissor e o atual governo adquiriu e instalou o equipamento que resgatou a potência do sinal da rádio que agora pode ser ouvida, de novo, em quase todo o Estado.

Grandes nomes da Tabajara

Quem não se lembra do programa Show das 13? Criado e apresentado pelo ícone do rádio paraibano Carlos Antonio. Na última quarta-feira (22), a convite de Airton José, o radialista aposentado Carlos Antonio conversou alguns minutos no estúdio e os ouvintes puderam matar a saudade. O criador do Show das 13 iniciou na Tabajara em 1954. Ele afirmou que o programa não acabou. Nas ruas ou antigos ouvintes sempre perguntam pelo Show das 13..

A pedido de Airton, Carlos Antonio lembrou a famosa abertura de seu programa: “Dê licença a gente entrar em sua casa com alegria contagiante do Show  das 13, o programa das 13 letras, com a emissora das 13 letras, o locutor das 13 letras, e agora uma música com o cantor das 13 letras, Roberto Carlos. E olha a hora 13h13”. Emocionado, Carlos Antonio ressaltou que sente saudades do programa mas apesar de receber convites não aceita voltar ao rádio pela idade e por conta de alguns probleminhas de saúde.

O radialista Airton José “Bolinha”, desembarcou na Tabajara no final dos anos 1970. Tem 66 anos de idade e 48 anos de rádio, sendo 44 na Tabajara. Apresenta hoje na AM 1.110 o programa Alegria Matinal. É carismático e sua marca é o programa Big Show do Bolinha, um sucesso na manhã dos domingos. “Pelo carinho dos ouvintes eu amo o rádio, estou aposentado e isto é uma terapia na minha vida. O nosso maior salário é a audiência, um beijo no coração dos ouvintes”, declarou.

Em termos de cobertura esportiva no rádio paraibano a Tabajara dispõe em seu time do decano Ivan Bezerra, nascido em Itabaiana, é conterrâneo do mestre Sivuca e no alto de seus mais de 80 anos de idade é personagem referência nos comentários esportivos no rádio brasileiro. Chegou à Tabajara como plantonista em 1952 na gestão do diretor Antonio Coutinho de Lucena. Portanto, é comentarista há 62 anos e o primeiro jogo que comentou foi Auto Esporte e Náutico. Ivan esteve presente no jogo dos 50 anos de idade de Pelé, partida realizada em Milão, Itália. “Eu sempre adotei uma linha de ter a minha opinião mas sem deixar de respeitar a opinião dos outros”, revela Ivan Bezerra. Outro veterano da equipe de esporte é o narrador Eudes Moacir Toscano.

O radialista e cantor Jadir Camargo, formado em Direito, ingressou na Tabajara no ano de 1970 e hoje apresenta o noticiário Informativo Tabajara além de produzir e apresentar os programas musicais Bom Dia Saudade e Clássicos da Tabajara. Esta semana, em entrevista concedida à radialista Josy Aquino, na própria emissora, Jadir confessou que o fato que mais marcou sua carreira no rádio foi a chegada da informática. “Na Tabajara eu comecei fazendo testes, o tempo passou e o surgimento do computador no rádio foi marcante pra mim”, declarou. Jadir Camargo é um profissional que tem muito carinho e respeito pelo ouvinte e acrescentou: “a Tabajara é minha segunda casa, amo o que faço aqui”.

Com apenas quatro anos de idade Ana Paula cantou no programa Matinal do Guri, comandado por Gilberto Patrício. Um dia tornou-se uma grande radialista dona de um  das mais belas vozes do rádio paraibano. “No rádio fiz grandes amigos: Paschoal Carrilho, Antonio Assunção, Paulo Rosendo, Geraldo Cavalcanti e tantos outros. A Rádio Tabajara foi uma escola na minha vida. Foi através do microfone que construí com muita dignidade minha família”.

Diversos locutores da Tabajara estão em outra dimensão. Foram gigantes no rádio paraibano e deixaram suas marcas: Paschoal Carrilho, Gilberto Patrício, Geraldo Cavalcanti, Jacy e Jonildo Cavalcanti, Polari Filho, Paulo Rosendo, Ivan de Brito, Antonio Assunção, Ernane Norat, Lula Rodrigues, Spencer Hartman, Marconi Altamirando, Ivan Tomáz, e tantos outros.

A Tabajara AM 1.110 kw é uma das 100 emissoras de rádio mais antigas do Brasil. A atual sede no Corredor Pedro II foi inaugurada em 1985 no governo Wilson Braga. A primeira  sede teve sua construção concluída em 1937 no governo Argemiro Figueiredo.

Na chamada época de ouro do rádio (1940, 1950 e 1960) muitos artistas da música brasileira e internacional se apresentaram nos programas da Tabajara, a exemplo de Luiz Gonzaga, Ângela Maria, Nelson Gonçalves, Sivuca, Jackson do Pandeiro, Orquestra Tabajara, Cauby Peixoto, Bievenido Granda.  Criada em 1933 a Orquestra Tabajara atuou na emissora até o início da década de 1940.

Esporte

Nas transmissões esportivas a Tabajara AM é a mais ouvida no estado. Sua equipe  de narradores, repórteres e comentaristas já transmitiu várias Copas do Mundo. O esporte é o carro-chefe da AM. Ivan Bezerra, comentarista esportivo, é o mais antigo da equipe nota 10.

Jornalismo

O Jornal Estadual, levado ao ar das 6h às 7h em rede de rádio e o Informativo Tabajara são marcas registradas do radiojornalismo paraibano há mais de 45 anos. Por mais de 20 anos o jornalista Nakamura Black foi redator e editor desse noticiário.

Depoimentos

“Comecei no rádio fazendo locução comercial em programas de auditório. Fui aprovado em testes aplicados por Biu Ramos, Paulo Pontes e Linduarte Noronha. A Tabajara chegou a ser ouvida em quase todo o país através das Ondas Tropicais”. Geraldo Cavalcanti, locutor, falecido.

“Durante 30 anos fui titular do programa De Repente a Viola, na Rádio Tabajara. Muito tempo fazendo dupla com meu irmão Dimas. Comecei a cantar a convite do diretor da emissora Antonio Coutinho de Lucena. Otacílio Batista, poeta repentista., já falecido.
“A Tabajara foi régua e compasso de tudo de bom que aprendi a fazer na vida. Na Tabajara de Adalberto Barreto e Biu, e ainda Paulo Pontes, e depois Paulo Maroja, isto é, na Tabajara do meu aprendizado, havia e se fazia  de tudo, o laboratório era permanente”. Ipojuca Pontes, ex-ministro da Cultura.

Escola do rádio

Especialistas afirmam que se A União é a escola do jornalismo, a Tabajara é a escola do rádio paraibano. No ano de 1999 a Tabajara AM ganhou sua irmã, a Tabajara 105.5 FM. Os 77 anos da emissora oficial do estado correspondem a 28.105 dias no ar. O som do novo tempo toca a Paraíba e está no coração dos paraibanos rumo ao centenário.


Rádio Tabajara da Paraíba, há 77 anos patrimônio cultural dos paraibanos Rádio Tabajara da Paraíba, há 77 anos patrimônio cultural dos paraibanos Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 1/25/2014 08:54:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais