A aposentadoria do Ministro Joaquim Barbosa e a polêmica dos brasileiros

O anúncio da "decisão espontânea" da aposentadoria do do ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, o qual pegou de surpresa não só as classes políticas, empresários, jornalistas mas, sim 80% de todas as classes, que tomaram conhecimento da noticia mais comentada da semana com relação a idade e o salário do ministro alegando erroneamente ser causador de rombo da Previdência do país, quando na realidade existem outros problemas mais graves de várias naturezas que prejudicam o país que são esquecidos ou abafados com festas.

Se criticam uma autoridade da mais alta Corte Jurídica do Brasil de grande competência e um vasto currículo, que recebe mensal um salário de apenas R$ 30 mil, que está causando um "rombo para a Previdência Social" do país, é contraditório saber que existem classes que não tem um terço do currículo dele e recebem duas vezes superior. "Brasil acorda! Temos muitos problemas de diversas ordens que estão afetando nossa nação, que são quase incontrolável tais  como: As drogas, os muitos desfalques milionários  que que são descobertos e presos mas outros aparecem com nomes diferentes ;  a insegurança que assolar de norte a sul e leste a oeste e com também apobreza do povo brasileiro, que pra consolar esquecem ou termina em pizza, carnaval, São João, futebol e outras festas de entretenimento só para esquecer os problemas e realidades."

"Para ser sincero não simpatizava o geito e atitudes de Joaquim Barbosa porque pensava eu que ele era implicante e rancoroso mas depois que observei as boas qualidades dele percebi que estava redondamente enganado, pois descobri que ele deseja ser justo, muitas vezes desaponta alguns mesmo que foram provados ou caluniados, desde que constam nos autos um ministro tem que agir conforme a Lei Magna do país, embora retórica e atrasada, até que os 513 parlamentares como senadores e deputados federais, que ganham superior o dobro de um dos ministros do Supremo Tribunal Federal,  tiverem o interesse de reformar as leis da Constituição Federativa do Brasil, principalmente no que diz a respeito de redução da maior idade que os paises da América do Sul já aprovaram e adotaram as idades de 16 e outros 14 anos e para vergonha do povo brasileiro no Continente Africano já existem sete países que aos 8 anos se responsabilizam  pelos atos praticados erroneamente".

Confira o Currículo do Ministro

"Para não ficar só em minhas palavras basta ler e meditar em parte do currículo de Joaquim Barbosa, " Natural de Paracatu, MG, antes de sua nomeação para o Supremo Tribunal Federal, o Ministro Joaquim Barbosa exerceu vários cargos na Administração Pública Federal. Foi foi Oficial de Chancelaria do Ministério das Relações Exteriores (1976-1979), tendo servido na Embaixada do Brasil em Helsinki, Finlândia.

Paralelamente ao exercício de cargos no serviço público, é Doutor e Mestre em Direito Público pela Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas), onde cumpriu extenso programa de doutoramento de 1988 a 1992, o qual resultou na obtenção de três diplomas de pós-graduação. Fez também estudos complementares de línguas estrangeiras no Brasil, na Inglaterra, nos Estados Unidos, na Áustria e na Alemanha.

É Professor licenciado da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ensinou as disciplinas de Direito Constitucional e Direito Administrativo. Foi Visiting Scholar (1999-2000) no Human Rights Institute da Columbia University School of Law, New York, e na University of California Los Angeles School of Law (2002-2003).

É autor das obras "La Cour Suprême dans le Système Politique Brésilien", publicada na França em 1994 pela Librairie Générale de Droit et de Jurisprudence (LGDJ), na coleção "Bibliothèque Constitutionnelle et de Science Politique"; "Ação Afirmativa & Princípio Constitucional da Igualdade. "Fico por aqui porque contra provas não há argumentos".


FonteBlog WRBFotoGazeta Online
A aposentadoria do Ministro Joaquim Barbosa e a polêmica dos brasileiros A aposentadoria do Ministro Joaquim Barbosa e a polêmica dos brasileiros Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 6/01/2014 01:17:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais