Japão apresenta Pepper, primeiro robô pessoal que lê emoções humanas

O Softbank, o gigante nipónico dos telemóveis, apresentou sua mais recente novidade em robótica, o Pepper, o primeiro robô pessoal que lê emoções, através da análise de gestos, expressões e tons de voz e pode ser emprega-lo para funções domesticas. O seu lançamento no mercado está previsto para fevereiro do próximo ano, no Japão, por cerca de 198 mil ienes (R$ 4300,00).

Com cerca de 1,2 metros de altura e 28 quilos de peso, o Pepper é um produto que resulta da parceria da SoftBank do Japão e Aldebaran, empresa francesa considerada líder mundial em robôs humanóides, e vai estar acessível, pela primeira vez, ao público em duas lojas da empresa de telemóveis, onde poderá ser feito o primeiro contacto com protótipos.

O Pepper

O pepper com quem, segundo as duas empresas, as pessoas poderão comunicar “como fazem com os amigos e família” — está equipado com a mais recente tecnologia de reconhecimento de voz, de leitura de gestos e de emoções através da análise de expressão e tons de voz. Estas leituras são feitas por sensores e funções de reconhecimento de emoções. O robô pode ainda adquirir vários tipos de informação e sincronizar-se com bases de dados em cloud (nuvem) através da ligação à Internet. Tem uma autonomia de 12 horas.

Além da tecnologia que compõe o Pepper, a SoftBank promete um robô que sabe contar piadas, dança e entretém os humanos com várias actividades. Até à sua comercialização, para já apenas no Japão, a empresa prevê integrar mais aplicações no robô para desenvolver as suas capacidades, que deverão ser apresentadas em Setembro, durante o Tech Festival, em Tóquio.


O presidente-executivo da SoftBank, Masayoshi Son, afirma que o Pepper é o resultado da visão da empresa de “desenvolver robôs afectuosos que fazem as pessoas sorrir”. Na apresentação do novo equipamento, Masayoshi Son sublinhou que, “pela primeira vez na história humana, estamos a dar um coração e emoções a um robô”. O presidente-executivo da Aldebaran, Bruno Maisonnier, considera, por sua vez, que o “robô emocional irá criar uma nova dimensão nas nossas vidas e novas formas de interagir com a tecnologia”. O mercado japonês de robótica é um dos maiores do mundo. Segundo dados citados pela BBC, estima-se que em 2012 tivesse um valor de 860 milhões de ienes (18,8 milhões de reais).


FontePúblico.ptFotoIssei KATO/Reuters | Toru YAMANAKA/AFP
Japão apresenta Pepper, primeiro robô pessoal que lê emoções humanas Japão apresenta Pepper, primeiro robô pessoal que lê emoções humanas Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 6/07/2014 07:48:00 AM Rating: 5

WRB nas redes sociais