Computação nas nuvens torna sua rotina mais fácil, veja as vantagens

O mundo da computação nas nuvens, ou cloud computing, promete tornar sua vida digital mais fácil, mais rápida e mais segura – desde que você saiba bem como usá-lo. A ideia é simples: quase tudo que você guarda no seu computador, como documentos, planilhas, músicas ou e-mails, pode ser também armazenado nas “nuvens”, ou seja, nos grandes centros de dados que você acessa pela internet. Da mesma forma, muitas funções que dependiam de um software operando na sua máquina, como criar e editar uma planilha ou retocar uma foto, também podem ser feitas diretamente online. Com isso, não há necessidade de instalar nada no computador.

É por isso que cada vez mais pessoas e empresas aderem ao modelo. A consultoria americana Frost & Sullivan estima que o mercado brasileiro de cloud computing pulará de uma faturamento de cerca de US$ 328,8 milhões em 2013 (cerca de R$ 743 milhões) para US$ 1,1 bilhão em 2017, quase R$ 2,5 bilhões. Veja o que a computação nas nuvens pode fazer por você.

Mais fácil

A computação nas nuvens torna mais fácil a realização de tarefas sem que você tenha de comprar um software específico. Quer editar uma foto? Que tal tentar o Photoshop Online Tools, da Adobe, que altera a imagem diretamente na web? Procura dar um efeito ao estilo Instagram nas imagens que estão armazenadas no seu computador? O serviço PicMonkey permite fazer o tratamento online, e de graça.

Mais rápido

Outra grande vantagem dos serviços de computação nas nuvens é a possibilidade de sincronizar dados entre o computador, o tablet e o celular. Ou seja, um mesmo arquivo de texto ou planilha, por exemplo, pode ser aberto e editado nos diversos dispositivos. Da mesma forma, uma música baixada no tablet pode ser escutada no PC ou no celular sem novo download. Já imaginou quanto tempo dá para economizar compartilhando arquivos para um trabalho em grupo?

Há diversos serviços que dão conta dessa tarefa. O iCloud, da Apple, por exemplo, permite que você sincronize apps e conteúdos (como músicas e livros comprados), em todos os seus dispositivos, incluindo computadores PC ou Mac e tablets ou smartphones da marca. Já o Google Docs guarda suas planilhas e textos para que outros possam trabalhar nelas.  

Mais seguro

Um dos grandes atrativos da computação nas nuvens é permitir que você faça cópia de seus dados. Assim, você não ficará de cabelo em pé caso seu computador quebre ou você apague algo por engano. O serviço de Backup, por exemplo, oferece entre 10 MB e 100 MB para você guardar seus arquivos. Com 100 MB, é possível copiar cerca de 35 mil músicas, ou 50 mil fotos. Alguns serviços que permitem o backup online são o Dropbox, o Google Drive e o OneDrive, da Microsoft.

Mas cuidado: não confunda os serviços de armazenamento com os serviços de transferência de arquivos, como o WeTransfer ou o WeSendit. Nestes, o objetivo é apenas enviar os dados para algum amigo ou parceiro. Depois de um tempo, em geral o arquivo é apagado automaticamente pelo sistema. Por isso, não conte com eles como armazenamento.

E meu computador, como fica?

Tudo isso quer dizer que, com meus arquivos nas nuvens, meu computador perde importância? Longe disso. Com tantos aplicativos disponíveis na rede – alguns deles mais pesados, como os de tratamento de imagens e edição de vídeos – você precisará sempre de um computador rápido e atualizado.

E, obviamente, também continuará guardando arquivos na sua máquina, só que eles estarão disponíveis também nos seus outros dispositivos (por meio da sincronização) e garantidos, graças às diversas opções de backup.


FonteTerraFotoiStock
Computação nas nuvens torna sua rotina mais fácil, veja as vantagens Computação nas nuvens torna sua rotina mais fácil, veja as vantagens Reviewed by Natan C. Bezerra on 8/16/2014 03:00:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais