Vice Governadora Lígia Feliciano visita o 21º Salão de Artesanato da Paraíba

A vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, visitou, nessa segunda-feira (12), o 21º Salão de Artesanato. Na ocasião, Lígia destacou a variedade da produção e o acabamento das peças. “Mesmo conhecendo bem o artesanato do nosso estado, é impossível não ficar impressionada com o que a gente encontra aqui. Os nossos artesãos estão sempre produzindo novidades belíssimas, que orgulham a Paraíba”, elogiou a vice-governadora.Com o tema “Das mãos floresce o crochê” o salão estará aberto todos os dias das 15 às 21 horas, até o dia 25 de janeiro.

Vice Governadora

Lígia Feliciano também provou peças de roupas e adquiriu alguns produtos. Neste ano, a tipologia homenageada é o crochê, mas a variedade está presente em todo o espaço do Salão. Artigos em couro, madeira, barro, algodão colorido, metal e até material reciclado são alguns dos exemplos.

“O Governo da Paraíba incentiva o artesanato, mas nós, enquanto cidadãos, também precisamos valorizar a arte destes homens e mulheres que ajudam a divulgar a cultura do Estado. Como paraibana, tenho muito orgulho dos trabalhos desenvolvidos aqui”, finalizou a vice-governadora.


Mandalas, luminárias na cabaça, mosaico, peças em fios, couro, fibras, barro, madeira, tecelagem, pedra, metal, osso, artesanato indígena, brinquedos populares, cordel, xilogravura e algodão colorido. Todas essas tipologias podem ser vistas e adquiridas até o dia 25 de janeiro no 21º Salão de Artesanato da Paraíba, instalado na antiga associação do BNB, na orla do Cabo Branco, em João Pessoa.


Gestora do PAP

A gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, Lu Maia, revela que a visitação está aumentando nos últimos dias com a presença de turistas que lotam a cidade de João Pessoa neste verão. “As expectativas são as melhores em termos de vendas e as crocheteiras estão vendendo com muito charme os seus produtos e acrescentou:" No ranking das vendas estão pela ordem: fios, habilidade manual, madeira, gastronomia, cerâmica, couro e algodão colorido”.

Segundo a organização do evento,“As apresentações ocorrem simultâneo ao Salão do Artesanato nos finais de semana, pois é um espaço que deve valorizar todos os elementos típicos de nossa cultura. O público pode visitar os estandes e ao mesmo tempo curtir e conhecer nossa música”.

“Queremos que eles tenham boas relações sociais, manter o corpo, cabeça e espírito sã e evitar o estresse no trabalho. As crocheterias, por exemplo, passam horas trabalhando e nem percebem a fadiga. Vamos levá-los a novas atividades, passeio pela Estação Ciência para conhecerem outras formas artísticas e referências”

Atrações Artísticas 


Grupos musicais da cultura regional e atrações infantis agitam o público durante a 21ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba, na antiga sede do BNB, na orla do Cabo Branco, em João Pessoa. Já passaram pelo palco montado no evento atrações como a Escola de Capoeira Afro Nagô, samba e coco de roda com o mestre Zunga.

No mês de dezembro, se apresentaram no evento os repentistas Pedro e João Paulo e o grupo de forró pé-de-serra Agudos. Outra grande novidade que tem chamado a atenção do público infantil são as apresentações da bibliotecária e arte educadora Maria José e da atriz Suzy Lopes.

O objetivo é que enquanto os pais visitam o trabalho feito pelas mãos de quase três mil artesãos, as crianças participem de atividades lúdicas de leitura, contação de histórias infantis, pintura, desenho e recreação.

Tipologias 


Com o tema “Das mãos floresce o crochê”, o Salão de Artesanato da Paraíba acontece até o dia 25 de janeiro abrangendo todas as tipologias do artesanato: fios, madeira, algodão colorido, fibra, cerâmica, couro, tecelagem, brinquedo, pedra, metal, osso, artesanato indígena, cordel, xilogravura, habilidades manuais e ainda conta com um espaço voltado à gastronomia regional. Também há uma área de projeção mapeada em 3D com exibição de um documentário que mostra a capacidade produtiva e histórias das crocheteiras de destaque no Estado.

Elcío Antonio produz há 30 anos mandalas tridimensionais, feitas com um tipo de arame chamado alpaca dura e tem finalidades terapêuticas para ajudar na concentração e aliviar as tensões. Maria Ângela, esposa de Elcio, explica que as mandalas têm medidas milimétricas e facilitam o uso simétrico do cérebro. As mandalas são usadas há mais de três mil anos pelos monges do Tibete. Os preços variam entre R$ 40,00 e R$ 100,00.

Funcionameanto

O Hospital Clementino Fraga, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está disponibilizando uma equipe de plantão no 21º Salão de Artesanato da Paraíba, que acontece no Cabo Branco, em João Pessoa. A equipe de enfermeiros fica numa sala onde são oferecidos os serviços de verificação de pressão; teste de glicemia; pequenos curativos; retirada de pontos e medicação para enfermidades, como dor de cabeça e mal estar.

Diariamente, é realizada uma média de 30 atendimentos. A artesã Creosvalda Silva Araújo, do município de Ingá, que está participando do Salão com produtos em patchwork (trabalho com retalhos), estava com dor de cabeça e foi atendida. Ela estava com a pressão um pouco alterada e foi medicada. “Este trabalho é necessário em eventos assim, porque, muitas vezes, sentimos mal estar devido ao corre-corre e, tendo uma equipe de saúde por perto, tanto os artesãos como os visitantes ficam mais tranquilos”, disse.

Segundo a coordenadora de enfermagem do Clementino Fraga, Fátima Alves, o hospital participa do Salão de Artesanato desde o primeiro ano e sempre está presente em eventos onde há grande movimentação. “A nossa intenção é cuidar das pessoas indo até onde elas estão. E o que não dá pra ser resolvido aqui fazemos o encaminhamento para os serviços de saúde”, explicou.


Além do artesanato, há ainda gastronomia regional e apresentações musicais. O Salão funciona de segunda a sábado, no horário das 15h às 22h, e aos domingos das 15h às 21h. A visitação é gratuita. Mais informações através dos telefones (83) 3218-4060 / 8815-5009, nas redes sociais facebook.com/artesanato.pb , artesanato.pb.gov.br ou através do e-mail artesanato_pb@yahoo.com.br.


FontePortal do Governo PBFotoWalter Rafael
Vice Governadora Lígia Feliciano visita o 21º Salão de Artesanato da Paraíba Vice Governadora Lígia Feliciano visita o 21º Salão de Artesanato da Paraíba Reviewed by Walter Rafael Bezerra on 1/14/2015 06:27:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais