Projeto Prima será modelo de inovação para a educação brasileira em Brasília

A metodologia e a filosofia do Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima) foi escolhido entre 170 projetos de todo o País e está entre os quatro que serão apresentados neste sábado (29), durante Conferência Mapa Educação, em Brasília. O Prima foi selecionado como modelo de inovação para a educação brasileira pelo Movimento Mapa Educação, cujo objetivo é mostrar exemplos bem sucedidos no campo educacional. Estas apresentações serão compartilhadas com líderes educacionais, políticos e empresários, entre outros integrantes da sociedade.

De acordo com Sérgio Aires, coordenador do projeto em Cabedelo e um dos representantes em Brasília, o fato de o Prima estar entre os quatro projetos a participar da conferência significa que, para o Movimento Mapa Educação, ele apresenta condições de servir como modelo em outros estados. “Nós temos um grande diferencial: a música em parceria com o ensino público, particularmente a rede estadual de ensino. Então, é muito gratificante para todos nós estarmos lá para mostrar algo que vem dando resultado e que, por isso, tem condições de ser a solução, em qualquer estado brasileiro, para a educação”, disse.

Para o gestor do Prima, maestro Alex Klein, o reconhecimento do projeto como iniciativa inovadora para a educação brasileira é motivo de orgulho para a Paraíba. “A grande filosofia do Prima é a inclusão social e, desde que foi criado, acreditamos que esse objetivo seja obtido pela educação. É preciso que, para isso, a educação seja atrativa, inovadora e que produza resultados. A música é um dos meios que encontramos para alcançar isso”, pontuou.

E acrescentou: “Desde que o Prima foi lançado, em 2012, não tínhamos dúvidas de que estávamos participando de um projeto audacioso, moderno e, acima de tudo, com capacidades plenas de alcançar os objetivos a que se propôs: incluir por meio da educação”.

Apresentação – Os representantes do Prima terão direito a 15 minutos para apresentar a metodologia e a filosofia do Projeto para líderes educacionais, estudantes, empresários e políticos, durante a Conferência Mapa Educação, em Brasília. De acordo com Sérgio Aires, serão exibidos vídeos das apresentações em diversas cidades paraibanas, além de reuniões para a discussão de temas em pauta na sociedade, como a redução da maioridade penal.

“O nosso diferencial – claro! – é a música. No entanto, a orientação que recebemos do gestor, mastro Alex Klein, é que invistamos no processo de cidadania, e as discussões sobre temáticas atuais é uma das formas que escolhemos para isso, fazendo do Prima um projeto completo, que vai da música à cidadania”, destacou.

O coordenador do Prima em Cabedelo destacou que a grande meta do Projeto é transformar o Prima em política de Estado. “Eu, particularmente, vi a modificação na realidade dos jovens carentes de Cabedelo desde que o governador Ricardo Coutinho implantou esse projeto. Então, tornar o Prima uma política de estado significa que ele continuará independentemente de gestão”, explicou. “Temos a consciência de que é fundamental que esse Projeto continue com as suas ações por meio da música”, prosseguiu.

Reconhecimento e credibilidade – O maestro Alex Klein destacou que o reconhecimento do Prima como algo com a capacidade de transformar a educação brasileira é apenas um dos incentivos que o Projeto tem recebido desde a criação, em 2012. “Seja pela parceria firmada com o consulado dos Estados Unidos, o que permitiu que nossos alunos tocassem com o solista de piano norte-americano Blair McMillen; seja pela doação de um violão feita pelo Fábio Zanon, um dos violonistas da música erudita brasileira mais importantes; seja pelo reconhecimento da comunidade, que é diretamente beneficiada, temos motivos de sobra para nos orgulharmos e acreditarmos que estamos no norte certo”, ressaltou. “Pela sua filosofia, o Prima conquistou e vem conquistando algo muito precioso: a credibilidade da sociedade”, enfatizou.

O Projeto – Criado pelo Governo do Estado em 2012, o Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima) nasceu com o objetivo de levar oportunidade a crianças e a jovens carentes do Estado em escolas da rede pública, principalmente, através da música, com foco na educação. Atualmente, o Prima contempla mais de 1,2 mil alunos de polos espalhados em cidades como João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita, Guarabira, Patos, Cajazeiras e Sousa. Ao todo, são mais de dez municípios atendidos pelo Projeto.

Mapa Educação – O Mapa Educação é um movimento que tem como objetivo engajar o jovem no debate nacional para uma educação de maior qualidade. O Conselho do Movimento é formado por pessoas de diferentes áreas que colaboram com experiências, sugestões e críticas a desenvolver novos projetos educacionais com cada vez mais abrangência e impacto.



FontePortal do Governo PBFotoWalter Rafael

Projeto Prima será modelo de inovação para a educação brasileira em Brasília Projeto Prima será modelo de inovação para a educação brasileira em Brasília Reviewed by Walter Rafael on 8/25/2015 06:29:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais