Ato profético em favor do Brasil será amanhã em Brasília

Um mega ato público profético em favor do povo brasileiro, será realizado nesta quarta feira dia 1º de junho ás 17:00 horas, em frente a Esplanada dos Ministérios em Brasilia, Distrito Federal, que irá reunir grande parte do povo dessa nação que se sentem incomodados com a situação que vem passando o país e por isso será levantado um clamor. O evento contará com a participação dos cantores gospel Nanny Azevedo, Cassiane, Fernanda Brum, Fernandinho, Eyshila e Delino Marçal. Os organizadores anunciaram que esperam receber caravanas de diversos estados do país.

Organizado pelas lideranças evangélicas do Brasil, tais como: Pastor Silas Malafaia, Abner Ferreira, Renê Terra Nova, apostolo César Augusto e outras lideranças, sejam  as presidências de Igrejas, com apoio da bancada evangélica e terá a participação em massa dos cristãos em geral independente de diversas Igrejas e religiões. E como também os que desejam defender os princípios morais da família, principalmente contra os projetos em debates no Congresso Nacional, que apoiam o aborto, eutanásia e outras aberrações contra a Lei de Deus.

O evento tem como objetivo é clamar a Deus pelo país, que ainda vive um conturbado cenário político com denúncias de corrupção frequentemente sendo divulgadas.
Quando começou a divulgar o evento, Malafaia explicou que a concentração de fiéis será não seria um ato político. “Vamos trazer líderes evangélicos para podermos orar para livrar o Brasil do caos, da desgraça social, desmascarar essa corrupção toda e termos dias de paz e prosperidade”, enfatizou. Esclareceu ainda que “não é para ser a favor ou contra o governo”. Questionado sobre o sentido de fazer um “ato profético”, ele afirma que isso significa “fazer declarações sobre o futuro de um país… Nós vamos declarar que o Brasil vai ser próspero, vai ter paz e vai ficar livre da corrupção, da crise econômica”.

Transmissão ao vivo



Entrevista da BBC Brasil


Veja os principais trechos da reportagem da BBC no Brasil, feita à um dos líderes desse ato profético que será mais uma vez realizado enfrente a Explanada dos Ministério em Brasilia, Distrito Federal, em 29 de março de 2016.

BBC Brasil - O senhor está convocando um "ato profético" em Brasília. Qual será a profecia?
Silas Malafaia - Vamos trazer líderes evangélicos para podermos orar para livrar o Brasil do caos, da desgraça social, desmascarar essa corrupção toda e termos dias de paz e prosperidade. Cada líder tem o direito de falar o que quiser: tanto pedir oração, quanto falar algo acerca do governo. Eu vou descer a marreta em cima destes caboclos. Mas o ato em si não é para ser a favor ou contra o governo.

BBC Brasil - Se ninguém defende o governo em um ato sobre o futuro do país, o argumento religioso não pode parecer apenas retórico? O que diria a quem acredita que o discurso religioso mascara o objetivo político do ato?
Malafaia - Deixa eu ser bem honesto com você. O ato é uma convocação para fazermos uma oração pelo Brasil. Por isso falamos um ato profético em favor do Brasil. Se algum pastor falar alguma coisa (sobre o governo), a responsabilidade é dele. Eu não falo pelos evangélicos porque não tenho procuração. Se o ato fosse meu, eu diria: 'Vamos pedir a cabeça de Dilma'. Como não é meu, não posso falar que vai ser um ato exclusivo (contra o governo). Uns 70 a 80% dos pastores vão se ater só à questão espiritual, vão bater na tecla de orar pelo Brasil.

BBC Brasil - O que significa o termo profético?
Silas Malafaia - Um ato profético é fazer declarações sobre o futuro de um país. Profecia é coisa que ainda vai se cumprir, correto? É algo que vai acontecer e que se antecipa. Nós vamos declarar que o Brasil vai ser próspero, vai ter paz e vai ficar livre da corrupção, da crise econômica. Isso tudo é profético.

BBC Brasil - Então sua profecia é que crise econômica e corrupção vão terminar junto com o governo.
Silas Malafaia - Isso aí. É isso aí. É isso aí mesmo. O ato profético é para isso, é para declarar que a corrupção vai acabar, que toda a bandalheira vai ser exposta, que não vai ter derramamento de sangue, porque os 'esquerdopatas' têm o DNA da baderna, da desordem.

BBC Brasil - Não parece é difícil bancar uma profecia de fim da crise econômica e da corrupção, pastor?
Silas Malafaia - Não é difícil, não, rapaz. Na Bíblia, em épocas em que Israel vivia períodos de crise e fome, levantava um profeta que dizia que viria um tempo de paz e prosperidade. E aquilo tudo mudava. Então nós conhecemos esta prática. Agora, eu, além de liberar a palavra profética, vou 'sacudir a roseira' sobre o que está acontecendo, não tenha dúvida.
Leia também: Sem Dilma, volta de investimentos seria ‘instantânea’, diz presidente da Riachuelo

BBC Brasil - O senhor, no ato profético, pretende reiterar o pedido afastamento de Cunha, Dilma e Renan?
Silas Malafaia - Vou. [pausa] Aqui no meu ato vão estar líderes que representam 85% dos evangélicos do país. No Brasil, tem 55 milhões de evangélicos. Para tu ver. Estes outros são 1%.

Assim foram os trechos principais e atuais da entrevista e publicado pela própria empresa em 29 de março de 2016, por Ricardo Senra, o enviado especial da BBC Brasil a Brasília.


Ato profético em favor do Brasil será amanhã em Brasília Ato profético em favor do Brasil será amanhã em Brasília Reviewed by Walter Rafael on 5/31/2016 01:34:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais