Campanha de vacinação contra a gripe termina nesta sexta

O Ministério da Saúde já vem anunciando a muito tempo que termina nesta sexta-feira (20) a campanha de vacinação contra gripa para o público-alvo que é de 49,8 milhões de pessoas, prioritárias segundo os orgias do Governo Federal, mas que até ontem segunda(16) segundo boletim oficial só foram se vacinar 35,4 milhões.  Enquanto muitos que não foram classificados "como grupos de riscos", ficam a espera de 14,400 milhões de indecisos. Foram registrados 2.808 casos de infecção pelo vírus influenza, de todos os tipos, no país. Deste total, 2.375 por Influenza A (H1N1).

Público-Alvo


As classe ou grupos alvos de prioridades do Governo Federal, através do Ministério da Saúde são: As crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos, gestantes, idosos, mulheres com até 45 dias após o parto, pessoas com doenças crônicas e como também profissionais de saúde. Povos indígenas, pessoas privadas de liberdade como: encancerados,  e funcionários do sistema prisional, doentes mentais também serão imunizados.

A meta do governo é vacinar 80% dos grupos prioritários até a próxima sexta-feira (20). Paraná, São Paulo, Amapá, Espírito Santo e DF alcançaram este objetivo antes do prazo. Dentre os grupos prioritários para a vacinação, os trabalhadores de saúde apresentam, até o momento, a maior cobertura, 86,5% dos profissionais. Em seguida estão as mulheres que tiveram bebês há até 45 dias, com 79,4% de cobertura; os idosos,72,9% e as crianças de seis meses a menores de 5 anos, com 66,5% de cobertura.

O grupo que menos procurou os postos foi o de gestantes, que está, por enquanto, com 56,6% de pessoas imunizadas. O Ministério da Saúde ressalta que, quando a gestante, é vacinada, o bebê também é imunizado. Ao todo, 49,8 milhões de pessoas integram o grupo que pode tomar a vacina pela rede pública de saúde. O imunizante disponibilizado pelo Ministério da Saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B).

Balanços Gerais


Balanço divulgado hoje (16) pelo Ministério da Saúde mostra que 71% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe em todo o país foi imunizado, o que corresponde a 35,4 milhões de pessoas. Este ano, até 9 de maio, foram registrados 2.808 casos de infecção pelo vírus influenza, de todos os tipos, no país. Deste total, 2.375 por Influenza A (H1N1), que resultaram em 470 mortes.

A quatro dias do fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que termina na próxima sexta-feira (20), o Ministério da Saúde informou ontem (16) que 21,3 milhões de pessoas haviam recebido a dose até a semana passada – 43% da população prioritária. A meta do governo é imunizar 80% do público-alvo de 49,8 milhões de pessoas.

De acordo com balanço, a Região Sul apresenta, até agora, o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal, com 55,7%; seguida pelo Sudeste (48,05%); Centro-Oeste (48%); Norte (34,9%) e Nordeste (31,65%).
Quatrounidades da federação alcançaram as maiores coberturas vacinais: Amapá (78,11%), Distrito Federal (64,7%), Goiás (63,5%) e São Paulo (61,6%). Até o momento, a Região Sul apresentou o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal contra a influenza, com 80,1%, seguida pelas regiões Sudeste (76,2%); Centro-Oeste (67%); Norte (63,8%) e Nordeste (58,4%).

Opinião


Sobre a Campanha Nacional de Vacinação e dentro das condições que se o país está tentando gerenciar a crise, mesmo de contra vontade dos brasileiros, mas que também são consciente que deve ter grupos de riscos que podem ser incluídos como prioritários profissões trabalham aglomerados e ainda mais lidam com o público. Agora não é justo em país grande desse e ser escolhido um público-alvo ou prioritário para o Ministério da Saúde, de apenas no total de 49 milhões e 800 mil pessoas.

Segundo boletim oficial só foram se vacinar 35,4 milhões.  Enquanto muitos que não foram classificados "como grupos de riscos", ficam a espera de 14,400 milhões de indecisos. Foram registrados 2.808 casos de infecção pelo vírus influenza, de todos os tipos, no país. Deste total, 2.375 por Influenza A (H1N1), resultou a morte de 470 por essa doença este ano.

Dentro de um quadro alarante desse é inadmissível ficar de braços cruzados ou esperando 14 milhões e 400 mil pessoas indecisas a se vacinarem em uma grande campanha que está havendo em todo o país e teve inicio no dia 30 do mês passado. O correto seria o Governo Federal reunir com o Ministério da Saúde e Secretários(as) de Estados da Saúde traçar metas e datas e qual outro grupo de pessoas incluía como prioritário para completar o que sobrou e não estragar um bem tão precioso para salvar vidas.

Campanha de vacinação contra a gripe termina nesta sexta Campanha de vacinação contra a gripe termina nesta sexta Reviewed by Walter Rafael on 5/17/2016 12:18:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais