Faculdade IESP entrega Prêmio Inova, ao Estado e instituições


O Governo do Estado recebeu, nessa segunda-feira (6), o Prêmio Inova Iesp, que destaca ações importantes nas áreas de cultura, esporte e ciência e tecnologia. A Paraíba foi a vencedora na categoria Cultura com destaque para o Programa de Inclusão Social Através da Música e das Artes (Prima). O Prêmio foi recebido pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, que representou o governador Ricardo Coutinho. O prêmio Inova trará palestras, cursos de extensão, workshops, discussões e vivências, entre professores, alunos e convidados reconhecidos no mercado.





Atualmente, o Prima funciona em nove cidades paraibanas e promove o acesso à educação musical de crianças e jovens, na faixa etária entre 8 e 18 anos, que residem em áreas de vulnerabilidade social. “O governo tem, acima de tudo, se preocupado com a inclusão social da população e há inclusão em todos os níveis de discussões, principalmente em programas que podem trazer mudança nas vidas de pessoas que necessitam de uma atenção maior do governo. E o Prima tem essa capacidade, ele vai exatamente para aquelas comunidades mais fragilizadas, onde você tem jovens em situação de riscos constantes e a partir do momento que pode trazer e atrair esses jovens com o estudo da música e mostrar uma perspectiva de vida, ele se torna um programa fantástico”, destacou João Azevêdo sobre o Programa.



Érika Marques, diretora geral do Iesp
O Prêmio Inova Iesp está em sua segunda edição e deve atrair mais de 8 mil participantes durante a Semana Inova Iesp, como explica Érika Marques, diretora geral do Iesp. “Nós tivemos no ano passado quase cinco mil inscritos e este ano a previsão é de quase oito mil pessoas participando do evento. Aqui é um espaço voltado para diversas ideias nas áreas de cultura, gastronomia, artes, tecnologia e esportes. Todos os cursos convergem e o que temos é uma interação por parte dos alunos, professores, funcionários e também da sociedade, porque ele é um evento gratuito”, explicou Érika.




Atualmente, o Prima atende cerca de 1.500 estudantes das cidades de João Pessoa (Alto do Mateus, Tambiá e Bairro dos Novais), Cabedelo (IFPB e Jacaré), Bayeux, Santa Rita, Campina Grande, Guarabira, Patos, Cajazeiras, Catolé do Rocha e Itaporanga. Em breve, o programa vai atuar também nas cidades de Sousa e Monteiro. O prêmio Inova trará palestras, cursos de extensão, workshops, discussões e vivências, entre professores, alunos e convidados reconhecidos no mercado, assim como estudantes do ensino médio e a comunidade de maneira geral. O evento será realizado até o próximo dia 10 na própria faculdade, localizada na Rodovia BR 230, Km 14, s/n.



Presente na solenidade do Prêmio Inova Iesp, Lau Siqueira, secretário de Cultura da Paraíba, ressalta como o Prima tem mudado a vida de jovens e adolescentes. “ É um projeto que abre portas para muitos jovens. Hoje já temos alunos do Prima sendo aprovados em testes da Orquestra Sinfônica da paraíba, ingressando na universidade, então é um projeto que vem recebendo vários tipos reconhecimento. Alguns jovens participantes, nunca tinham escutado música erudita e hoje estão tocando violino, fagote, oboé”, destacou Lau.

II Prêmio Inova




Em 2017 o Prêmio Inova promovido pelo IESP - Instituto de Educação Superior da Paraíba, que tem como diretora geral, Érika Marques, condecorou nesa segunda-feira(06).  Paraíba foi a vencedora na categoria Cultura com destaque para o Programa de Inclusão Social Através da Música e das Artes (Prima). O Prêmio foi recebido pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevêdo,  Em outras categoriais foram homenageados: O Colégio Motiva, na categoria esportes; e na categoria Ciência e Tecnologia foi Olho N'Agua. 



O Prêmio Inova surgiu juntamente com a primeira edição do Inova, no ano passado. Começou como um prêmio único, destinado à dra. Adriana Melo, por sua pesquisa, que a levou a ser a primeira cientista a vincular a microcefalia ao Zika Vírus. Este ano, o prêmio foi separado em três categorias, visando dar destaque a todas as áreas abordadas pelo evento, Ciência e Tecnologia, Cultura e Esporte. Os premiados deste ano foram escolhidos através de análise dos destaques do ano na Paraíba por parte de uma comissão técnica do IESP.



Na categoria Ciência e Tecnologia, o prêmio vai para o projeto Olho N’Água, desenvolvido pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG e  Instituto Nacional do Semiárido - INSA, cujo objetivo é compartilhar com a sociedade informações atualizadas sobre a disponibilidade de água nos principais reservatórios que atendem os quase 24 milhões de habitantes da região semiárida. Na categoria Cultura, o Projeto Prima levará o prêmio pelo trabalho de inclusão social de crianças carentes realizado através da música. Prima é a sigla do Programa de Inclusão através da Música e das Artes, uma criação do Governo do Estado da Paraíba, que nasceu em 2012 e hoje atua em 9 cidades paraibanas.

Por fim, a premiação na categoria Esporte vai para o Colégio Motiva, por seu incentivo aos atletas paraibanos. Após perder a final de basquete contra o time de alunos de Caiçara nos Jogos Escolares da Paraíba na categoria 12 a 14 anos, competição que dá vaga aos Jogos Escolares da Juventude, o Motiva acabou classificado para a competição nacional no Paraná. Os alunos de Caiçara não possuíam a verba necessária para viajar e competir em outro estado, portanto cederam a vaga conquistada ao segundo classificado. Ao invés de aproveitar a comemoração tardia, os pais dos atletas do Motiva iniciaram uma campanha online para arrecadar fundos e garantir que os jovens de Caiçara pudessem participar dos Jogos Escolares da Juventude.




FontePortal do Governo PB | iespe.edu.brFotoAssessoria do Seirhmact
Faculdade IESP entrega Prêmio Inova, ao Estado e instituições Faculdade IESP entrega Prêmio Inova, ao Estado e instituições Reviewed by Walter Rafael on 11/07/2017 05:35:00 PM Rating: 5

WRB nas redes sociais